O despertar de Flora

Sei que estou devendo textos mais aprofundados, não dá para o blog viver à base de vídeos de repertórios, mas como não compartilhar a Olesya Novikova dançando a variação de O despertar de Flora?

Publiquei a mesma variação há quatro anos, dançada pela Evgenia Obraztsova, em um texto sobre perfeição. Confesso, gostei mais da delicadeza da Olesya.

Aliás, já contei que para mim é ela quem tem a ponta mais bonita de todas?

The Awakening of Flora (O despertar de Flora), Mariinsky Ballet, Olesya Novikova.

Prêmio Notáveis NY 2016

Filha de pais brasileiros, nascida nos Estados Unidos, a Lara Galinari tem 13 anos, estuda no The School of American Ballet, escola oficial do New York City Ballet,  e além de aluna também participa de várias montagens da companhia. A sua mãe, Mônika Galinari, é leitora do blog desde os seus primeiros passos no ballet clássico e, graças a esse contato, eu acompanho a sua trajetória na dança desde então.

Pois a Lara Galinari está concorrendo ao prêmio “Notáveis NY 2016”, promovido pelo Brazilian Heritage Foundation. A votação é feita pela internet e está em seus últimos dias. Vamos votar? Para isso, cliquem aqui.

Quem quiser saber um pouco mais a seu respeito, leiam a entrevista concedida ao Brazilian Times, em português, aqui.

Fiquei imensamente feliz em ver a ascensão da Lara, o quanto ela já conquistou sendo tão nova e o quanto ainda conseguirá pela frente. Torço demais por ela e, tomara!, ainda vamos vê-la bailarina profissional brilhando nos palcos pelo mundo afora.

A bailarina Lara Galinari.

Um punhado de cores

A quarta-feira é de cinzas, mas vamos encher esta página de cores. Que coisa mais linda é esse figurino, pena que assistimos a apenas um trechinho.

Saias rodadas e coloridas estão na minha lista de combinações preferidas em figurinos de dança.

Her Door to the Sky, de Jessica Lang, Pacific Northwest Ballet.

O meu atual objetivo

Há pouco tempo, o Ballerina Project publicou uma série de fotos e vídeos da Isabella Boylston, primeira-bailarina do American Ballet Theatre. Um vídeo bem curtinho, de 20 segundos, mostrava claramente o seu trabalho de pontas, e esse se tornou o meu objetivo do momento.

ballerina-isabella
Isabella Boylston, imagem de vídeo do Ballerina Project.

Tentei de todas as maneiras publicar o vídeo diretamente nesta página, mas não consegui. Sendo assim, para assisti-lo, escolha qualquer um destes links:

Instagram, aqui.
Facebook, aqui.
Twitter, aqui.

Esse se tornou o meu objetivo de bailarina. Quero dançar nas pontas dessa maneira, com essa leveza e segurança.