Enquanto isso…

Eu sei, estou em falta com vocês há bastante tempo. Os posts têm sido meio rasos, para não deixar o blog sem publicações, mas é por um bom motivo: estou preparando o meu novo livro. Dessa vez, é literatura e não terá qualquer relação com o ballet clássico.

O lançamento está próximo e logo mais o blog voltará aos eixos. Mais uma palavra do dicionário de repertório, os braços do cisne branco, como aprendi a fazer pirueta são alguns dos assuntos que publicarei em breve. Prometo.

Enquanto isso, uma foto que adoro, do Prix de Lausanne 2012. Quem nunca ficou se alongando assim enquanto pensa na vida? É o que eu faço volta e meia.

Prix de Lausanne 2012. Foto: Gregory Batardon.

Superfácil

Quando alguém lhe disser que ballet clássico é fácil de dançar, mostre a ela este ensaio da variação feminina do Peasant Pas de Deux, de Giselle.

E sorria levemente ao ver a cara de espanto da pessoa.

Ensaio da variação feminina do Peasant Pas de Deux, Giselle, Pacific Northwest Ballet, Margaret Mullin.

Dicas da Kathryn Morgan

Eu acompanho a bailarina Kathryn Morgan há um bom tempo. Ela fez parte do New York City Ballet, mas deixou a companhia por causa de um problema de saúde. Ela não abandonou a carreira e continua dançando profissionalmente.

Durante um período, ela publicou excelentes dicas e explicações em seu perfil no Facebook. Depois, criou um blog. Agora, um canal no YouTube. Kathryn fala sobre tudo, de maquiagem de palco a exercícios para melhorar o desempenho. Ela explica superbem e, agora com os vídeos, mesmo quem não sabe nada de inglês conseguirá acompanhar.

Quem também quiser segui-la internet afora:

∙ Perfil pessoal no Facebook, aqui.
∙ Página no Facebook, aqui.
∙ Canal no YouTube, aqui.
∙ Blog, aqui.

*

Eu separei um vídeo, o de exercícios para fortalecer os pés, melhorar o balance e o trabalho de pontas. Mesmo quando utiliza uns acessórios que não temos em casa, ela dá uma outra alternativa (uma toalha dobrada, por exemplo). Há legendas com o número de repetições dos exercícios ou o tempo necessário para se manter em uma determinada posição.

Em relação aos exercícios na ponta, eles são indicados para quem já iniciou o trabalho em sala de aula. Não adianta pular etapas e realizar o que vocês não estão preparadas para fazer, o resultado pode ser desastroso. Estão avisadas.

Daphnis et Chloé

Prestes a se tornar o novo diretor do ballet da Ópera de Paris, Benjamin Millepied coreografou Daphnis et Chloé. A estreia aconteceu há poucos dias.

Este é um trecho do pas de deux, com ninguém menos que a minha querida preferida Aurélie Dupont, juntamente com Hervé Moreau. O vídeo é curtinho, e lindo.

Trecho do pas de deux de Daphnis et Chloé, de Benjamin Millepied, Aurélie Dupont e Hervé Moreau, maio de 2014.