Bailarina em qualquer lugar

Essa sou eu no jardim da Casa das Rosas, em foto tirada pela Cyndi em sua viagem à São Paulo.

Lá estou eu alinhada, mas sem leveza, “Solta esses braços, Cássia!”. As pessoas mais atentas perceberão que os meus indicadores não saltam aos olhos dessa maneira, justamente, porque isso me incomoda demais. Está correto, mas eu não gosto. É algo tão presente que eu os elevo delicadamente, quase os contenho, e faço isso sem perceber. [Quem quiser prestar atenção, clique na foto para vê-la em tamanho maior.]

Sabe aquela história de repetir tanto um movimento ou uma posição, que isso acaba fazendo parte da gente? Foi o que aconteceu.

Eu no jardim da Casa das Rosas. Foto: Cyndi Oliveira.

Anúncios

4 comentários sobre “Bailarina em qualquer lugar

  1. Para dar a sensação de leveza é preciso descer os ombros, quanto mais baixos melhor, e abertos para trás. E tensionar o abdomem. Essa dica fez uma grande diferença nas minhas fotos posadas. Beijooo

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s