A história de Michaela DePrince

A Cyndi e eu sempre trocamos informações sobre ballet e, assim, chegamos a uma palestra da Michaela DePrince, bailarina do Het Nationale Ballet/Dutch National Ballet, realizada no TEDxAmsterdam.

Escrevi sobre ela uma única vez, no post “As bailarinas negras e o ballet clássico”. Agora, ela própria conta a sua história sem medir as palavras. Só direi uma coisa: assistam. São doze minutos em que o nosso coração vem parar na palma da mão, mas abrimos um sorriso no final.

  • Aviso: Michaela DePrince descreve cenas de brutal violência.

Para ativar as legendas em português, comece a assistir ao vídeo, depois clique no primeiro ícone à direita.

“From ‘devil’s childto star ballerina”, Michaela DePrince, TEDxAmsterdam, 2014.

Anúncios

16 comentários sobre “A história de Michaela DePrince

  1. Chorei de verdade. Infância triste, mas, com a ajuda de Deus ela teve o futuro que sempre sonhou.
    Dançando ou não, ela é linda!
    Agora partiu tomar um dorflex porque quando eu choro me dá dor de cabeça… :)

    1. Kaylane, pelo visto, você chorou muito. Espero que a dor de cabeça tenho passado logo. Ela é mesmo linda linda! <3 Imenso beijo.

  2. Gente do céu.
    A história toda que ela conta é horrível e muito triste, mas o que me levou às lágrimas de verdade foi a variação no final. Foi tipo, a cereja do bolo, sabe? E como ela é linda dançando!!! Amei!

    1. Sarah, é bem isso mesmo, ela dançando é a cereja do bolo, parece que toda aquela dor e sofrimento ficaram para trás. Ela é linda mesmo! <3 Beijo imenso.

  3. Chorei pensando em quanta maldade existe nesse mundo ; ~
    Que anjo essa senhora que adotou as duas meninas e que coisa maravilhosa é o ballet, capaz de trazer alegria e conforto no meio de tanto sofrimento, essa arte é mágica.

    1. Lia, ouvindo a Michaela contar a sua história, parece que não existe limite para a maldade. Essa senhora foi mesmo um anjo da guarda para as duas e que sensibilidade ao compreender a importância do ballet para a agora sua filha. Beijo imenso!

  4. CreiemDeusPai! Que história!!!
    Tô mostrando pra todo mundo da minha escola de ballet, tô com vontade de mostrar pro porteiro, pro gari, pro padeiro, tô com vontade de adotar uma menina africana…
    Obrigada por dividir isso com a gente, Cássia! Tô emocionada <3

  5. /choremos

    faz qualquer problema nosso parecer bobagem. e como uma figura dessas é importante! como representatividade É IMPORTANTE!

    e a Michaela fala beeeem, gente
    <3 <3 <3

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s