Os 35 anos da bailarina

Quem acompanha o blog há bastante tempo, sabe que no meu aniversário eu me dou um presente. Às vezes, penso em deixar para lá, mas logo mudo de ideia. Assim, já me presenteei seis vezes e todas elas podem ser vistas aqui.

Neste ano, começarei contando algo importante. Vocês sabem quando a Agrippina Vaganova nasceu? No dia 26 de junho de 1879. Eu nasci no dia 26 de junho de 1979. Cem anos separam os nossos nascimentos. Engraçado, mesmo preferindo o método francês, são os ensinamentos da Vaganova que me acompanham. É ela quem me guia no ballet clássico.

Agora, vamos comemorar a data?

Eu escolhi uma coreografia possível. Além de poder dançá-la sem medo, ela reúne várias coisas que me encantam: arabesque a 90 graus, developpé mais baixo, um lindo tutu de manguinha, corpo de baile encantador, música que desmancha o meu coração. É o adágio do grand pas de deux de Paquita.

Sim, eu contei que prefiro o corpo de baile desse repertório, mas esse adágio mexe comigo de uma maneira difícil de explicar. Eu me encontro nele. É como se eu me visse bailarina.

Quem quiser comemorar comigo, sinta-se à vontade para ser do corpo de baile. Façamos de conta que dançaremos juntas. No dia do aniversário, podemos ser o que quisermos ser.

Adágio do grand pas de deux, Paquita, Ópera de Paris, Alice Renavand e Florian Magnenet, 2013.

Anúncios

18 comentários sobre “Os 35 anos da bailarina

  1. Cássia! faz um tempo q não visitava seu blog! nem deixar um comentário… Fico feliz q continuas firme… Eu continuo insistindo… este ano fiz 19anos de dança aos 52anos… dançar me dá enorme prazer, mas não é isso somente… até hoje, tenho certeza absoluta q estou crescendo… aprendendo… é uma benção…

  2. Parabéns Cássia, que você continue sendo essa pessoa iluminada, que irradia essa luz para todos! Engraçado como mesmo não a conhecendo pessoalmente, desejo tudo de melhor a você! É o poder do nosso Ballet unindo as pessoas…

  3. obaaaa! :D Cássinha, feliz aniversárioooo!
    eu vou dar presente também! \o/ e, esse ano, é pra dançar com uma amiga, pode? (e já me ofereço! hehe)
    é o duo das pérolas, do ballet Cavalinho Corcunda ^-^

    Beijocas!!!

    1. Cyndi, que lindoooooo! Todo ano você me dá as coreografias mais fofas do mundo. Mas é claro que vamos dançar juntas, nem teria coragem de dançá-la com outra bailarina. Seremos duas lindas pérolas. *-* Eu amei, muito obrigada! Imenso beijo.

  4. Cássia, parabéns pra você nesta data querida!! Saúde, amor e muita dança na sua vida!!
    Sabe aquele velho jargão? Você faz aniversário e quem ganha o presente somos nós! Pois é, estou alí, dançando no corpo de baile da “Ópera de Paris” pra comemorar o seu aniversário. E amando!!
    Obrigada por nos presentear com a sua sensibilidade e por dividir seu conhecimento.
    Vida longa a você (que faz aniversário não só no mesmo dia que a Vaganova, mas no mesmo dia que a minha mãe!!) e ao blog!
    Beijos no coração.
    Daniela

    1. Daniela, que alegria ter você nesse corpo de baile e seria lindo se realmente acontecesse. Muito obrigada pelas doces palavras. Nossa, também foi aniversário da sua mãe! A data já passou, mas dê um beijo nela por mim. Grande beijo.

  5. Parabéns pelo seu aniversário!! Muitas realizações , alegrias e saúde!
    Só uma dúvida, por que o corpo de baile quase não sobe efetivamente na ponta?? Fazem o alongè do arabesque na meia ponta, fazem bourrè na meia ponta… enfim, várias vezes eu vi isso. Será que tem algum motivo específico?
    Bjs

    1. Thais, eu nunca havia prestado atenção nesse detalhe. Por isso, eu revi as versões do Bolshoi e esta da Ópera para te responder e acontece a mesma coisa. No Bolshoi é ainda mais tranquilo, em um dos arabesques elas sobem na ponta em piqué. Se você quiser assistir, marquei no vídeo o começo no mesmo ponto desse que publiquei: http://youtu.be/MxVnjAkAvNI?t=2m16s Não sei em relação às outras montagens, mas se nessas duas as coreografias são iguais, provavelmente, a original é assim. Grande beijo.

  6. Feliz Aniversário, Cássia!!!
    Muita paz e saúde pra você! Que possamos comemorar muitos e muitos aniversários embalados em textos inspiradores e lindos ballets! Felicidades mil!!!
    Beijos,
    Elaine Omine.

    1. Elaine, muito obrigada! E que possamos mesmo comemorar muitos aniversários, juntas de alguma maneira, unidas pelo ballet clássico. Beijo gigante.

  7. Ano retrasado eu ia dançar esse Grand numa amostra, mas infelizmente meu partner, que era o meu professor, sofreu uma lesão e então não foi possível. Hoje ele não dança mais clássico, apenas da aulas e eu ainda não consegui apresentá-la. :/ Quem sabe um dia!

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s