Raridade

Há uma qualidade raríssima entre bailarinos e bailarinas, tão difícil de explicar, mas fácil de reconhecer: quando a técnica é impecável, de tal maneira, que os passos fluem do corpo e vemos apenas o artista. Não falo da facilidade em dançar, é outra coisa. Quando a gente pensa: “Nasceu bailarina”.

Nina Ananiashvili possui essa qualidade. Vê-la dançar enche os olhos e o coração. Qualquer dia falarei especialmente dela, mas, por ora, apenas um grand pas de deux. Isto é ballet clássico, o resto é conversa.

Grand pas de deux, Raymonda, primeiro ato, Nina Ananiashvili e Aleksei Fadeyechev.

ATUALIZAÇÃO: Sempre me impressiono tanto com a Nina Ananiashvili, para eu mesma aprender como bailarina, que não falei sobre o Aleksei Fadeyechev. Ele é tão incrível quanto ela, e possui a mesmíssima qualidade. Por isso, esse vídeo é uma preciosidade.

Anúncios

2 comentários sobre “Raridade

  1. Ela é maravilhosa! só achei uma coisa meio doida nessa versão… Ela dança a variação do segundo ato ao invés de dançar a original desse pas de deux… Mas tá valendo! Eu inclusive gosto mais dessa! hehe

  2. A Nina é simplesmente incrível! Dizem que é a melhor intérprete do Pássaro de Fogo…
    Além desse, indico também O Lagos dos Cisnes e Don Quixote, os dois com o Perm State Ballet. Não tem muito o que falar…

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s