De dentro para fora

Há alguns meses, eu estava pesquisando sobre a Elena Glurdjidze, primeira-bailarina do English National Ballet, e me deparei com uma crítica de Luke Jennings sobre a montagem de A Bela Adormecida realizada pela companhia.

Selecionei um trecho, que acredito ser especialmente importante para nós:

“Glurdjidze atribui a cada passo e gesto um significado. Ela mostra, como toda bailarina clássica deveria mostrar, que os olhos são o espelho da alma. Que a essência e a verdade da apresentação estão contidas no olhar, o qual é emoldurado e refletido pelos braços, cuja interação com as linhas do corpo em movimento dá uma ideia da música que o impulsiona. Parece uma equação complexa, mas é alegremente simples quando você a vê se desenrolando na sua frente.” (O texto completo, em inglês, aqui.)

Vamos entender essas palavras. É uma sequência de ações. Primeiro, os olhos. Do olhar, para os braços. Dos braços, para o restante do corpo. Do corpo, impulsionado pela música, os movimentos. Enfim, a dança.

Além disso, ela dá um sentido para cada um dos movimentos. A questão não é o passo em si, mas o que ele quer dizer na coreografia. Ao vê-la dançar, percebemos que ela realmente é assim. Quantas bailarinas dançam dessa maneira?

Elena Glurdjidze é o que podemos chamar de “bailarina de alma”. Quando a dança existe de dentro para fora. Quem não tem isso, como aprender? Sinto muito, mas quando a alma está ausente, não há aulas e ensaios que deem jeito.

Elena Glurdjidze e Arionel Vargas, em Manon. Foto: Patrick Baldwin. Fonte: Balletco.

Anúncios

2 comentários sobre “De dentro para fora

  1. Não conhecia essa bailarina, mas gostei demais da expressão dela. Acabei lendo também todo o texto crítico e ele traz questionamentos ótimos (sobre o público do ballet e tudo mais, mas isso pode ficar pra outra discussão). O que mais me encanta no ballet sempre será a expressão artística. 32 fouttés perfeitos e no eixo não são nada em comparação a uma cena da loucura de Giselle bem feita.

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s