As cinco variações de Raymonda

Mesmo amando “Raymonda”, eu me perco entre as inúmeras variações desse repertório. Até o momento em que cansei e pedi ajuda à Julimel, do Vídeos de Ballet Clássico. Ela me explicou tão bem que eu não quis guardar a informação comigo; assim, prometi um post sobre o assunto, lembram?

“Raymonda” é um repertório em três atos e a primeira-bailarina dança cinco variações, sendo que o entrance não está na lista. A ordem de apresentação é esta:

• Variação da Valsa ou Variação do Pizzicato
• Variação do Lenço
• Variação do Sonho
• Variação do 2º Ato
• Variação do Grand Pas ou Variação da Claque

As três primeiras são dançadas no primeiro ato; a quarta variação, no segundo ato; e a quinta variação, no terceiro ato. Aliás, a última variação também é conhecida como Quinta Variação de Raymonda.

Quando eu contei à Julimel sobre o post, ela carinhosamente fez um vídeo com as cinco variações na sequência, cada qual dançada por uma bailarina, em épocas e montagens diferentes. Eu nem soube como agradecer! Para quem ama Raymonda, é de desmanchar o coração.

*

A propósito, a Julimel mantém uma página no Facebook onde ela publica vídeos volta e meia. Há sempre umas raridades por lá. Quem quiser seguir, aqui.

Anúncios

9 comentários sobre “As cinco variações de Raymonda

  1. A 5ª variação da Raymonda é a mais bonita de todo o ballet clássico. Suspiro infinitamente. De preferência, com a Maria Alexandrova:

    1. A Maria Alexandrova é realmente incrível dançando a Quinta Variação! Mas infelizmente não deu pra colocar ela na montagem, pois são apenas 5 variações e minha intensão era colocar versões diferentes em cada uma.
      O Bolshoi tem 3 versões: 1986 com Ludmilla Semenyaka, 1989 com Natalya Bessmertnova e 2012 com Maria Alexandrova. Como em todas é a versão do Yuri Grigorovich, eu optei pelo meio termo, e deixei a montagem de 1989.

    2. Julimel, a sua montagem ficou excelente! A Maria Alexandrova é incrível, mas a minha Raymonda mais amada é a Olesya Novikova. A quinta variação dançada por ela foi a chave de ouro para esse vídeo, eu não a trocaria por nenhuma outra. =]

      Imenso beijo.

    1. Maria Vitória, sim, essa variação é dançada por outra personagem, a Henriette, uma das amigas de Raymonda. A outra amiga é a Clemence, que também tem umas variações lindas!

      Imenso beijo.

  2. Cassinha, ficou demais a sua postagem!!!
    E já sabe, quando tiver dúvidas é só chamar^^

    Eu sou suspeita pra falar, Raymonda é lindo demais!!! Mas com certeza a última variação é a mais top, e também a mais difícil de todas!!! Tem que ter muita força pra ficar um bom tempo em cima das pontas… É quase como a Variação da Oração da Coppélia em termos de dificuldade.

    E vc já viu a Maya Plisetskaya dançando a quinta variação??? Simplesmente um primor! *-* Infelizmente não tem o repertório inteiro com ela, são apenas algum trechos de Raymonda que vem nos extras do DVD Carmen com o Bolshoi de 1973. Infelizmente não achei no youtube, mas assim que subir te mostro…

    Grande Bj!!!

    1. Julimel, mérito seu! Muito obrigada por sempre tirar as minhas dúvidas, agora estou me sentindo especialista em Raymonda, hahaha. Tão bom assistir às variações e saber onde cada uma se encaixa. Obrigada mesmo! E sobre a quinta variação, eu acho que ela representa o momento máximo de uma bailarina. Não sei exatamente o motivo, se pela dificuldade, se pela grandeza da coreografia… E nunca vi a Maya Plisetskaya dançando essa variação, deve ser incrível! Quando você subir o vídeo, adorarei assistir.

      Grande beijo, querida.

  3. Primeiro: Que post ótimo de explicação. Eu me confundo horrores com as variações e isso com certeza me ajudou MUITO. Podia ter mais posts como esse! * olhos brilhando *

    Quanto às variações, difícil escolher, mas acho que a minha preferida é a Variação do Segundo Ato. Ela é bastante ágil e musical e eu gosto de coisas assim. Agora, no quesito música ninguém ganha da Variação da Claque, né? Linda de morrer e sempre me faz lembrar da Aurelie Dupont (por causa daquele documentário). (Nossa, tô super feliz agora que sei usar os nomes das variações rs)

    Comentário off: O figurino dessa última montagem do vídeo é de matar, né? Lindo demais. Se bem que tudo é lindo nessa montagem….

    1. Melissa, quem sempre me salva é a Julimel. Quando não há jeito, recorro a ela, que sempre tem a maior paciência em me explicar. Pensarei em outros posts assim, mas sem abusar da boa vontade dela. =] Sinceramente, eu amo as cinco variações e queria dançar todas, mas acho a Variação da Claque o momento máximo da bailarina, quando ela mostra que tem o poder! Hehehehe. Quer ver essa variação em uma montagem da Ópera de Paris? Não é a Aurélie, mas arrepia igualmente: https://www.youtube.com/watch?v=aljJci5BlQQ E o figurino dessa montagem com a Olesya Novikova é mesmo de matar. Aliás, tudo nessa montagem é maravilhoso, gente do céu!

      Beijo imenso, querida.

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s