Sempre há uma perdida

Mesmo que a gente queira a perfeição, os erros existem e todo mundo sabe. Há os pequenos deslizes, que a plateia não nota, e há os grandes desastres, que todo mundo percebe.

Alguém vai para o lado oposto, ou erra a contagem, ou esquece o passo, ou é mais lenta que as demais. Quem nunca passou por isso? Sinto muito, mas hoje não vou filosofar sobre o erro, mas vamos rir disso. Porque quando vemos depois, admitam, é bem engraçado.

Provavelmente, já contei essa história, mas ela merece ser recontada. Eu passei por essa situação, mas não como coadjuvante, eu fui a protagonista do grande erro. Doze bailarinas, duas colunas, cada qual dava um pequeno salto e depois todas se entrecruzavam fazendo pietiné. Elas foram e eu fiquei para trás, porque fui muito lenta. E como filmaram do mezanino, dá para ver lindamente a dona Cássia perdida lá no meio. O detalhe é que eu havia cometido o mesmo erro no ensaio e tive de ouvir uma bronca gigantesca. Acho que o meu inconsciente rebelde não gostou dos gritos e errei de novo em plena apresentação.

Querem outra? Um ano depois, lá estava eu no corpo de baile. Em um determinado momento, todas deveriam fazer uma sequência de attitude croisé devant. Tenho quase certeza que fiz effacé. E enquanto fazia os passos, eu pensava: “Acho que há algo errado.” Digo quase porque nunca assisti à filmagem, mas lembro de mim no palco com essa sensação de errar e continuar dançando como se nada estivesse acontecendo.

Pensei nessas histórias ao assistir à Valsa dos erros, de “The Concert”, de Jerome Robbins. Eu a conheci graças à querida Cyndi. Eu rio alto toda vez que assisto e aposto que vocês também vão se identificar em algum momento. Ou porque já fizeram algo semelhante ou porque alguma colega de turma é a perdida da vez.

A valsa dos erros, “The Concert”, Vienna State Ballet.

*

Para saber mais sobre “The Concert”, em inglês, aqui.

Anúncios

7 comentários sobre “Sempre há uma perdida

  1. Olá!!! Sou seguidora recente e tenho adorado teu blog! Não sou bailarina clássica, mas tbm danço… Já fiz umas aulas de Ballet (meu sonho de criança), e segui por um tempo aprendendo e me apresentando com Jazz e Contemporâneo… depois segui nas Danças Árabes, onde me encontro até hoje… Achei super engraçado o vídeo (não conhecia) e tua postagem muito legal! É isso mesmo! A gente leva uma bronca danada qdo erra e se cobra horrores! A sensação é de que o chão vai se abrir e a gente vai sumir! hihiihihi! mas depois acaba se tornando engraçado rever nossas bobagens e a das colegas tbm… hehehehe… e é de fato muito importante rirmos desses deslizes porque senão… baah! nem quero pensar no que nos tornaríamos, não é verdade?

    Parabéns mais uma vez pelo blog e sempre que puder deixarei algum comentário… ;)
    Boas danças! E sempre sejam leves!

  2. Minha primeira lembrança de palco é de estar perdida, então eu acho que isso combina bastante comigo, haha. Já vi uma turma inteira de perdidas, as meninas entraram no momento errado, e saíram de fininho quando começou uma música totalmente diferente da delas, enfim, acontece nas melhores famílias, rs. Melhor rir do que chorar, né? E, nossa, como eu ri com esse vídeo, muito bom! Adorei as caras delas, exatamente as que fazemos quando percebemos que erramos mesmo sabendo que devíamos continuar normalmente, rs.
    Bjos

  3. OL CSSIA!!!,TD BEM?,DESCULPA TE INCOMODAR COM O MESMO TEMA,POIS ADORO O SEU BLOG E SOU FIEL SEGUIDOR DE SUAS VALIOSAS DICAS MAS,GOSTARIA MUITO DE VER MAIS POSTS SOBRE BAILARINOS,POIS TENHO CERTEZA QUE “O HOMEM NA DANA”SEMPRE TEVE E TER UM PAPEL FUNDAMENTAL,APESAR DO BALLET CLSSICO SER TODO FEMININO ONDE O BAILARINO NADA MAIS ERA DO QUE UM GUINDASTE LEVANTANDO AS BAILARINAS QUE SEMPRE APARECIAM EXPLENDIDAS,PRINCIPALMENTE NOS GRANDES “BALLETS BRANCOS” DO SCULO XVIIII,TAIS COMO GISELE,LA SYLFIDE,O LAGO DOS CISNES, ETC.,QUE VC CONHECE TO BEM,S PEO-LHE POR FAVOR DAR UM POUCO MAIS DE VALOR E IMPORTANCIA DANA MASCULINA,NIJINSKY,SERGE LIFAR,BARYSHINIKOV,NUREYEV,ALDO LOTUFO,TONY ABBOT,ISMAEL GUISER,JOSHEY LEO,JAIR MORAES E NOSSOS NOVOS TALENTOS QUE ESTO TRIUNFANDO NO MUNDO INTEIRO COMO:THIAGO SOARES(ROYAL BALLET),MARCELO GOMES(ABT),ENTRE MUITOS OUTROS POIS O UNIVERSO DA DANA MASCULINA MUITO EXTENSO, OU SE NO VOU ME VER NO DEVER DE CRIAR UM BLOG ESPECIFICO “DOS PASSOS DO BAILARINO!!!”,POR FAVOR,NO ME LEVE A MAL,COMO DISSE ADORO TEU BLOG,S QUERO DOMAR,…OBRIGADO,BEIJOS E MUITO SUCESSO SEMPRE. PROFESSOR NATANAEL AGOSTINHO

    Date: Mon, 4 Mar 2013 04:27:31 +0000 To: nataagostinho@hotmail.com

    1. Natanael, não leve a mal o que vou lhe dizer, mas você lê os posts do blog? O penúltimo post foi justamente sobre isso, eu disse que falarei mais sobre bailarinos e até já publiquei um vídeo. Você está certo em querer saber mais sobre o assunto, mas antes disso, é preciso ser realmente leitor, certo? ;) Eu sempre ouço críticas e sugestões de leitores e leitoras, desde que eles realmente leiam o que eu publico. Caso contrário… Mesmo assim, o seu pedido já foi atendido.

      Imenso beijo.

  4. Que vídeo mais divertido! Eu nunca tinha visto.

    Então, eu sou super lerdinha então sempre fico perdida. Nos exercícios na barra então… Tá todo mundo pra um lado, e lá vai a Melissa pro outro. Vivo repetindo exercício na mesma perna, perco a hora de todos os passés… hahahaha Aqueço o mesmo pé várias vezes. rs Mas o lance é se divertir com isso, porque se a gente ficar se cobrando ou apelando toda hora, a vida em sala de aula vira um inferno.

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s