Método Bournonville

O método Bournonville foi desenvolvido por August Bournonville, criador do The Royal Danish Ballet. O meu conhecimento sobre ambos, criador e método, são praticamente nulos. Li pouca coisa a respeito e as primeiras palavras que me vêm à mente são leveza, fluidez e graça dos movimentos. A bailarina do imaginário das pessoas seria uma bailarina Bournonville.

Devido a tamanho desconhecimento da minha parte, qual não foi a minha surpresa ao encontrar três vídeos sobre esse método? Barra, centro e terminologia. Mais de três horas e meia de estudo!

Terminologia do método Bournonville (o vídeo é sem som).
Barra, aqui.
Centro, aqui.

Será que existe alguma escola no Brasil que dê aulas desse método? Quanto mais eu leio e assisto a respeito, mais eu me interesso por ele.

Quem quiser saber mais sobre o assunto:

The Royal Danish, post do The Ballet Bag, em inglês, aqui.
Página sobre August Bournonville, em inglês, aqui.
Métodos de ensino do ballet clássico − Método Bournonville Ballet, post do Dicas de Dança, em português, aqui.
La Sylphide: The Bournonville Style, vídeo do Ballet Austin, em inglês, aqui.

Anúncios

7 comentários sobre “Método Bournonville

  1. Eu já estava procurando o vídeo de cinco garotas dançando “sobre” esse método, mas vi que você postou lá na página, hehehe!
    As mulheres são delicadas mesmo, e a imagem dos homens que me vem à cabeça é de agilidade. Lembro disso por causa de Flower Festival (já assistiu? é uma gracinha!), e por Johan Kobborg, que estudou nesse método…

    Beijocas, Cássia!

    1. aaaaarg, por que nunca termino meus comentários? fico enrolando e esqueço de terminar!

      continuando: Mesmo não sabendo nada sobre este método, mas dos ballet que vi de August, essa é a imagem que eu tenho.

  2. olha Cássia, acho que vc já deve ter visto mas esse vídeo mostra acho que bailarinos ingleses ensaiando la sylphide e falando sobre o método bournonville.. e é bom porque a imagem está em alta qualidade e dá pra ver bem os movimentos… super lindo

  3. Cássia, achei muito interessante MESMO, porque parece uma forma de treinar o corpo sem forçá-lo, e parece ser possível para todos os tipos físicos… Na verdade, parece a forma como eu meio que idealizo o ballet clássico xD
    Se vc encontrar alguma escola que ensine, pfvr poste o nome… tbm vou pesquisar mais sobre o assunto. Um beijo, até mais

  4. Cássia, aproveitando o assunto do post sobre o Método Bournonville, eu reparei que tem certos passos que são só os homens que executam.É assim mesmo nesse método e nos outros ou é só viagem minha?

    1. Samara, pelo pouco que sei, não é apenas nesse método que há passos que só os homens executam. Inclusive, há aulas específicas de técnica masculina. Há passos que exigem muita força física, especialmente alguns tipos de saltos e baterias, e isso os homens têm mais do que nós.

      Grande beijo.

  5. Amei esse método.
    Realmente é a bailarina ideal do meu imaginário.E os petits jetés são uma graça!:3

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s