Dois textos sobre pontas

Não preciso dizer que algo raro é encontrar informações consistentes sobre sapatilhas de ponta. Fala-se muito e sabe-se muito pouco, e as consequências são sérias: bailarinas com lesões ou com dificuldade para avançar no trabalho de pontas.

Quando alguém me escreve perguntando sobre o assunto, sempre me vêm à cabeça dois textos ótimos. Eles são uma boa introdução para quem quer saber sobre o trabalho de pontas e, principalmente, para quem preza pela própria saúde.

A seguir, trechos dos textos e seus respectivos links para quem quiser lê-los completos.

*

“Também é importante avaliar o objetivo de cada bailarina: se quiser praticar o ballet como recreação, sem objetivos de grandes rendimentos, a melhor opção é não realizar exercícios de ponta; e se realmente quiser fazer a ponta, é preciso que treine muito. Ela também precisa, obviamente, ter flexibilidade suficiente no pé, sem nunca esquecer que, ao contrário do que muita gente pensa, seu corpo inteiro precisa preparar-se para fazer a ponta, e não apenas o pé.”

Dr. João Paris Buarque de Hollanda, médico ortopedista, trecho de “Na ponta dos pés…”. Para ler o texto completo, aqui.
Do mesmo autor, leia também “O bailarino é diferente dos outros atletas”, aqui.

*

“[peito de pé versus palmilha] O parâmetro aqui é quanto mais peito de pé, mais dura a palmilha; quanto menos peito de pé, mais macia a palmilha. A força do pé também deve ser considerada, porém percebo que as pessoas não têm a menor ideia do que é um pé forte; tanto que, é comum ouvir que a sapatilha quebra porque o pé é muito forte, o que raramente é verdade.”

Dr. José Luiz Bastos de Mello, fisioterapeuta, trecho de “Como escolher sua sapatilha de ponta”. Para ler o texto completo, aqui.

Anúncios

5 comentários sobre “Dois textos sobre pontas

  1. á tinha lido os dois textos e são realmente bem esclarecedores, percebi que andava procurando por sapatilhas que não eram adequadas pra mim, mas aos poucos estou acertando o rumo, ahieuhai. E por falar nisso, vc já encontrou uma sapatilha nacional como a que vc queria (no post “Ajudem a bailarina!”)? Pq procuro uma sapatilha com as mesmas características, mas com palmilha normal…

  2. Realmente, é muito difícil encontrar sapatilhas decentes, principalmente eu, que tenho pé largo e pouco peito de pé. O curioso é que meu pé acaba sendo mais forte que as meninas com um super colo. Mas de fato, os pés delas são muito mais bonitos, haha.
    Achei engraçada uma conversa que tive com minha mãe, quando eu disse que precisava de uma ponta nova.
    Mãe: Mas você já tem uma!
    Eu: Mas ela não é própria pro meu pé e já está gasta…
    Mãe: Você gastou dinheiro com uma sapatilha sendo que ela nem é certa?! NÃO PODE etc.
    Ai, ai… Pior que é minha 2ª sapatilha de ponta…

    Ótimos textos :)

  3. Fico tensa quando dizem que se for só por ‘recreação’ não se deve iniciar nas pontas, porque meu curso é livre, mas quero muito chegar às pontas. Poooorém, concordo que é importante tomar muito cuidado, mesmo; Tenho uma lesão no ligamento do tornozelo, por conta dos combates de kickboxing, e minha professora tem sempre uma atenção especial comigo. Professores, a dedicação de vocês é essencial, também! Adorei o texto (:

    1. Daniela, a questão não é um curso ser livre ou regular, mas a intensidade de treino de ballet clássico. Foi sobre isso que o médico se referiu. ;) Fazer aula de vez em quando e querer usar pontas é pedir para ganhar uma lesão. Ballet clássico requer treinamento constante; sem isso, é melhor esquecer as sapatilhas de ponta.

      Grande beijo.

  4. Puxa Cássia, que pesquisa legal. Vou ler mais tarde. Seu blog é sempre muito bem cuidado e muito interessante. Adoro!

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s