Flamenco

Acharam que eu tinha esquecido de falar sobre outras danças? Esqueci não.

Eu sempre quis fazer flamenco, mas ainda não consegui. O engraçado é que ele sempre esteve por perto.

Comecei no ballet com uma professora que, além de dar aulas de flamenco, o tem como sua especialidade. O terceiro estúdio onde tive aulas é especialmente de flamenco, pois foi criado pela maior bailaora (como são chamadas as bailarinas de flamenco) do Brasil. Tenho DVDs de três filmes de Carlos Saura – Ibéria, Carmen e Bodas de sangue – sobre o assunto. Porém, até hoje, não fiz sequer uma aula experimental.

Seria uma imensa pretensão da minha parte querer resumir o flamenco em um post. Basicamente, é um estilo de música e dança, oriundo de diversas regiões da Espanha. Suas origens vêm do século 15, ou seja, seiscentos anos de história.

O que mais me encanta é a sua força. Não no sentido literal da palavra, mas especialmente porque ela não é associada à feminilidade. No flamenco, as duas se encontram.

Outro ponto de admiração, já falado aqui, é a valorização das experientes. Quem manda é a mulher mais velha, ela é a grande estrela. Isso não é papo furado. Quem conhece o “meio” do flamenco sabe que realmente funciona dessa forma. Consequentemente, começar mais tarde e se tornar profissional é uma alternativa possível.

Chega de delongas, aqui estão dois vídeos que adoro. O primeiro, da grande Eva Yerbabuena, para desmistificar um pouco a supremacia da cor vermelha. O segundo, uma cena do filme “Carmen”, de Carlos Saura.

Para mais informações:
Flamenco Brasil, aqui.
Portal Flamenco, aqui.
Wikipedia, em inglês, aqui.

Para se vestir lindamente feito bailaora:
Lunares Flamenco, loja virtual, aqui.

Anúncios

4 comentários sobre “Flamenco

  1. Fiquei arrepiada e com os olhos marejados com o segundo video. Fiz uma aula experimental de flamenco uma vez, mas acho que ainda não estou preparada para liberar tanta feminilidade e força de uma só vez…existe uma livia chatinha que não permite me soltar…para dançar flamenco tem que rolar uma representação…amei! lindo demais…

  2. Jac, são incríveis, né? Esse primeiro vídeo eu namoro há muito, muito tempo. E o segundo sempre me emociona demais.

    *

    Juhjuh, eu lembrei de você quando fiz o post! Hehehe. Especialmente na parte em que dá sim para ser profissional, mesmo começando mais tarde.

    Beijos.

  3. Cássia!!!!!
    Tô besta com o primeiro vídeo, mas esse da Tamara Rojo e María Pages é de arrepiar!!!!!!
    Lindo é pouco.
    bj

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s