O post derradeiro

[…] Eu estava interessada no trabalho, não em conseguir o papel principal. Eu só queria dar toda a minha energia para ser o melhor que posso ser. Em tudo o que eu faço, eu quero um começo e um fim, não gosto de parar no meio.
Aurélie Dupont

E o Dos passos da bailarina chegou ao fim. Em um ano e sete meses, foram 194 posts, 2.716 comentários e mais de 200 mil visitas.

Há tempos tenho vontade de parar, mas fui adiando a decisão. Agora, resolvi de uma vez e não tem volta. O que vocês veem aqui é um reflexo das minhas pesquisas e do meu estudo diário, mas não tenho mais vontade de transformar isso em conteúdo para o blog. Por mil motivos. De hoje em diante, eu quero esse tempo para mim.

Eu agradeço a cada bailarina que contribuiu com este espaço, seja com visitas, comentários, informações ou histórias pessoais. Ele só existiu por conta disso.

Os meus outros blogs, o Facebook, o Twitter, meu email, todos continuarão ativos. Em “contato”, há vários jeitos de me encontrar. Também continuarei firme e forte no fórum Dreaming Ballet. O material desenvolvido para o Dos passos da bailarina continuará aqui por um bom tempo, até eu excluí-lo. Pesquisem à vontade.

E, para terminar, algo que falta nas bailarinas de um modo geral. No teatro, é comum o elenco se reunir antes de cada apresentação, uma espécie de ritual antes de entrar em cena. Quando fiz a peça Vila Clarice, a última frase do diretor para o elenco era: “Divirtam-se!”.

De nada adianta tantas horas de estudo, treino e dedicação se não sorrimos felizes no final. Tem de valer a pena.

Beijo doce, bailarinas.

Anúncios

23 comentários sobre “O post derradeiro

  1. Queridas, no fim das contas eu voltei, mas vocês merecem que eu responda cada comentário.

    Vanessa, que saudade de você! Realmente, manter um blog dá trabalho e eu compliquei demais as coisas por aqui. Queria atender todo mundo e a responsabilidade ficou maior do que posso suportar. E a responsabilidade foi minha, eu quis atender todo mundo. ;) Daqui em diante, as coisas serão diferentes.

    *

    Carol, você é uma das leitoras mais “antigas” daqui, hehehe. E você tem razão, é só um blog. Mesmo sendo meu querido, não posso dar uma dimensão maior do que ele realmente tem.

    *

    Juliana, eu vou fazer assim mesmo, seguir o meu próprio ritmo. Mas não ficarei tantos dias sem publicar, senão perde a graça. ;) Só não publicarei mais todo santo dia.

    *

    Marcela, eu dou conta de várias coisas porque sou muito organizada. Mas chega uma hora que nem um alto nível de organização comporta. Daqui em diante, o ritmo será outro.

    *

    Juliana, eu acabei de ler seu blog de dança e lembrei desse seu comentário. Eu imagino a sua decepção. =/ E como eu acabei de escrever lá, se você for escutar as pessoas ao seu redor, não sairá do lugar. Pense no que você quer, mas pense de maneira realista. Ser bailarina profissional de ballet é uma coisa, de flamenco é outra. Pesquise, analise, escolha e siga o seu caminho sem dar bola para a torcida. E o seu novo blog já está na lista.

    *

    Thaís, pode voltar aqui vez ou outra para respirar. Seu comentário foi um daqueles que me fizeram repensar. E não perdemos contato nunca, a gente sempre se esbarra em algum meio, hehehe. Adoro! :D

    Beijos.

  2. Poxa, Cassinha…
    Fiquei bem triste com a notícia. Seu blog, além de te rum conteúdo maravilhoso (coisa rara entre blogs de ballet), ainda era um espaço lúdico no qual me distraía naqueles momentos do dia-a-dia em que eu PRECISAVA respirar, sabe? E como dança é como ar pra mim, sempre vinha a sua casa. :)
    Mas é importante sabermos nossos limites. Saber a hora de parar é de uma dignidade sem tamanho! E sim… blogs com bom conteúdo dão uma trabalheira danada. Não vê o meu? Tá abandonado há meses!
    O bom é que não perderemos contato, né? Vire e mexe trocamos uns emails, uns tweets e assim a vida continua, com o ballet sendo o que nos une.
    Beijos, querida!

  3. Nem posso acreditar que encontrei seu blog somente quando vc decidiu terminá-lo
    não sabe o quanto falou pra mim…
    tenho 22 anos e o sonho de dançar profissionalmente
    não sei se o ballet classico, mas qualquer dança, atualmente faço flamenco, depois de anos parada (ja fiz 3 anos de jazz e uns meses de salsa em um longo espaço separado de tempo)
    e voltando a entrar em contato com a dança, eu me descobri, eu me vi feliz novamente, eu vi que aquilo é o que quero pra mim
    mas todos ao meu redor insistem em dizer que isso é um sonho atrasado, que a formaçao pra bailarina tem que vir de criança…e que eu deva curtir isso como um hobby
    eu precisava de um conselho de alguem como eu… e procurei no google a frase “ser bailarina depois dos 20” foi quando achei o seu blog e fiquei maravilhada
    o simples fato da sua existencia me fez ver que meu sonho é possivel e eu gostaria muito de poder falar com vc algum dia quando os apoios externos me pressionarem a desistir do que me faz feliz: dançar. Não tira ele do ar, porque quero ler os posts antigos sempre que precisar de uma mãozinha
    um beijo pra vc e sucesso!

  4. Cássia, que pena!!! Sentirei saudade dos seus posts… Assim como tantas outras leitoras, eu também bato cartão aqui, rs. Mas sabe que eu ficava me perguntando, como você dava conta de tudo? Não deve ser fácil mesmo… E você deve priorizar o que for mais importante. De qualquer forma, obrigada pelos momentos maravilhosos que você nos proporcionou com suas postagens incríveis! Super beijo!

  5. Cassia,

    Assim como todas as leitoras fiquei super triste com a sua decisao, mas a respeito. O seu blog me fez muito bem e eh o melhor que eu ja li. Aumentou imensamente o meu conhecimento sobre o ballet e me deu vontade de continuar. Estava lendo os posts acima e principalmente a sua resposta aos comentarios da Mari. Tavez se voce seguisse o seu proprio ritmo, nao teria vontade de parar. Sera que nao da mesmo para reconsiderar atras a sua decisao e voltar a escrever, nem que seja de vez em quando. Ficou um gostinho sempre de quero mais.

    Beijos,

    juju

  6. Cassinha…

    por um lado, fico triste, porque acho seu blog o melhor de todos! Ele foi a minha inspiração para criar o Meia Ponta e foi por sua causa que aprendi muito! Mas entendo sua decisão e… por outro lado, é só um blog né?

    Saiba que te admiro muito e desejo tudo de bom para seus novos focos e escolhas.

    Obrigada por posts maravilhosos e comentários maravilhosos, que ajudaram muitas de nós! Só queria pedir para que não os tire do ar, pois assim, podem servir para futuras bailarinas!

    Beijos!

  7. Não… Que pena, Cássia!
    Mal pude acreditar, estive de férias, fiquei um mês sem visitar o blog. Quando voltei vi todas essas novidades, vi que irias passar a publicar posts todos os dias e pensei para mim: “Isso vai dar imeeeenso trabalho, espero que ela não se ressinta…”. E foi o que aconteceu…
    Eu amoooo este blog, é uma das minhas homepages e tudo, e fico triste por acabar, mas percebo o porquê, embora nunca tenha tido um blog imagino o trabalho que deve dar! E tu tens uma vida, todos temos e o tempo parece que só encolhe! Mas como foi dito aí em cima parece-me que ficaste demasiado ocupada e preocupada com o blog e com todos os leitores querendo aceder a todos os pedidos. Não é suposto, tu deves fazer o que quiseres e como quiseres com este espaço que é teu. Apesar de todos gostarmos demais do blog, acho que falo por todos, nunca foi nossa intenção sobrecarregar-te. Afinal, isto para ti é lazer não trabalho. Não recebes nada para além do nosso carinho e gratidão. Quando cheguei aqui pela primeira vez o blog era mais simples e foi perfeitamente encantador! E eu passava a semana toda à espera do post ao Domingo loool.

    Enfim, ainda bem que vais pensar no assunto, mas todos te apoiaremos ao fazeres o que é melhor para ti.

    Muitos beijinhos Cássia e podes ter a certeza que o blog deixará muitas saudades. Obrigada pelo carinho com que sempre nos brindaste e pelo tempo que era teu e que nos deste tão generosamente para que pudessemos sonhar sobre tule e cor-de-rosa.

    Vanessa

  8. Inês, muito obrigada pelas palavras e por considerar o blog tanto assim. De verdade, só tenho a agradecer.

    *

    Cyndi, não precisa chorar por dentro, minha querida. Mesmo!

    *

    Bárbara, eu fico feliz de saber que você vinha aqui todo dia. E fico mais feliz ainda de saber que você também lê o Carambolas. Lá eu falarei volte e meia sobre ballet. Não igual aqui, mas a dança estará lá. E eu também estou sem aulas de ballet, sabia? Não fique chateada, é temporário. E o ballet está na nossa vida sempre.

    *

    Ju, desculpa, pensei que você estava falando deste blog. Eu tenho outro, o Carambolas Azuis, vou publicar sobre ballet às vezes. E tem o nosso (futuro) chat, o fórum, emails, mil jeitos. :D

    *

    Mel, acho que a pesquisa surgiu porque eu já estava sem vontade de continuar. Daí fiz, mudei várias coisas e nada de ânimo. Acho que é cansaço, sabe? Quando a gente acumula as coisas a cabeça da gente pede um pouquinho de descanso. E obrigada por acompanhar o blog quase todo dia, de verdade.

    *

    Suli, obrigada por vir aqui sempre! E me encho de alegria de saber que tantas idades vieram parar aqui. E adolescentes queridas como você. =)

    *

    Sarah, muito obrigada! Eu que tenho de agradecer, sempre.

    *

    Mari, sabia que você me fez pensar? Acho que você acertou um ponto que não tinha pensado: fiquei tão preocupada em atender aos pedidos, a publicar todos os dias, a ser perfeccionista, que cansei. Eu realmente estou cansada. Você tem razão, se eu seguisse o ritmo que eu quisesse, da maneira que eu quisesse, como o blog realmente começou, não teria chegado nesse ponto. Hoje mesmo eu já achei tantas coisas que queria compartilhar, simplesmente porque gostei e queria mostrar, não por achar que “deveria” fazer isso. Afinal de contas, eu não tenho obrigação, certo? É, eu realmente fiquei pensativa com o que você disse e pensarei com carinho no assunto.

    Beijos.

  9. Ah, Cássia, complementando, você realmente está certa quanto a termos e demonstrarmos mais alegria (nas apresentações) no ballet, assim como nas outras artes. Afinal estudar, treinar para depois apreciar!
    E por fim, seu blog é também uma arte! De maravilhosa qualidade!
    Beijoos

  10. Nossa Cássia! Sempre que tinha tempo eu entrava no seu site! É o melhor blog que tenho visto. Sempre queria saber qual seria seu próximo post, e ansiosa não via a hora de poder olhar o blog. Nunca fiz um blog, mas imagino o quanto lhe toma de tempo, para minha tristeza vc deixará de blogar. Acho que é também o peso de publicar todos os dias, isso você não precisa fazer, ao meu ver, vc poderia fazer o seu blog totalmente do seu jeito sem necessidade de pesquisar entre os leitores dele o que procuram ao ler o blog. Ou seja, acho que você deveria publicar o que achasse melhor dizer, e na freqüência que pudesse e desejasse. Mas acredito que vc é perfecionista, e não quer realizar nada que não seja o mais completo e isso talvez a leve a ou fazer o máximo do máximo (além de matérias completas em uma freqüência que os leitores do blog manifestaram desejar) ou então considera melhor não fazê-lo. Acho que não precisa assim. Mas é você que sabe da sua necessidade de tempo e ninguém mais.
    Sentirei muitas saudades.
    Beijoos

  11. querida,acima de tudo obrigado,por todos os textos e palavras que nos ajudaram mto.Tb estou triste,mas se vc sente que chegou ao fim,então é pq era p ser msm.Fik c Deus,e…até!
    beijos!

  12. Nossa, nem acreditei quando eu li, vou sentir mtaa falta desse blog, ele ja ficava na minha barra de favoritos, logo quando eu entrava na internet, ia abrindo alguns sites pra conferir se tinha atualizações e o seu era um desses *-* Sempre andei a procura de um blog de ballet, que não fosse feito por menininhas imaturas ou que fosse intediante de ler, e o seu é perfeito! nunca fiz comentários aqui, mas seeempre lia, TODOS os dias. Quero le dar os meus parabéns, vc consegui unir todas as idades, desde os adolescentes(assim como eu, que tenho 15 anos), como mulheres de 30,40,50 anos ou mais.
    Vou sentir MUITA saudade de seus post!

  13. Caramba, isso foi inesperado! Principalmente depois de toda a pesquisa e mudanças que vc fez no blog (que ficaram ótimas por sinal.) Nossa, vou sentir muita falta, pq era o primeiro lugar que eu vinha quando queria descansar um pouco do trabalho e ler sobre ballet. Eu entrava praticamente todo dia. Vou sentir falta mesmo, mas eu entendo você e respeito. A gente tem que priorizar o que é melhor pra gente. Muito obrigada pelo posts maravilhosos!

    Um beijão

  14. Agora teve lagriminha }Cassia, nem consegui segurar…rs
    Quando falei de publicar vez em quando não foi aqui foi por aí pela vida ^^
    Beijo grande e olha , do correndo atrás da paradinah do chat

  15. fiquei muito triste quando li seu último post, venho aqui diariamente e sempre me deixou mais contente, principalmente porque tive que largar o ballet por falta de horário. Seu blog é lindo e sempre me trouxe um pouco de nostalgia. Ainda seguirei diariamente o carambolas que é simplesmente maravilhoso.
    Obrigada por seus posts :**

  16. Oh, o que eu posso dizer?
    estou triste, mas já fiquei muito mais feliz com todos os seus posts, então o saldo é suuuuper positivo!
    muitíssimo obrigada por partilhar seus pensamentos conosco, no melhor blog sobre ballet que eu já vi!

    Beijos

    P.S.: eu quase chorei enquanto estava lendo.
    mentira, eu chorei de verdade – por dentro

  17. Oh! Eu fico muito triste. Mas respeito. Este blog merece todo o respeito. Eu verificava todos os dias, sempre esperando novos posts, novas histórias de ballet… E foi por aqui que eu fiquei a saber muito mais. O que eu tenho a dizer, Cássia é que este blog é maravilhoso e vai deixar muita saudade! Parabéns por esta ajuda a todas as bailarinas!

    Beijinhos*

  18. Lelê, só quem tem blog e o atualiza constantemente sabe o trabalho que dá. ;) Você sempre será bem-vinda, seja nos meus outros blogs, no meu email, na minha vida.

    *

    Ana, muito obrigada, especialmente por ter sido leitora desde o comecinho. Obrigada mesmo.

    *

    Laura, acredita que eu não tinha pensado no fórum? Esqueci de mencioná-lo no post, mas já consertei. Vou continuar sim! Agora vou comentar sempre, vamos bater papo por lá. E está lindo mesmo, nossa. A Cosette tem “o poder”, hehehe. E eu que te agradeço e fico feliz que você tenha começado a fazer ballet por conta do blog, de verdade. :)

    *

    Ju, meu coração partiu quando li seu comentário ontem, elogiando as mudanças. :( Eu não vou publicar de vez em quando, encerrei o blog de vez mesmo. Mas o ballet continuará na minha vida, sempre. E obrigada pelas visitas, comentários e doces palavras. E, claro, o nosso fórum! Vamos nos encontrar sempre por lá e papear muito.

    Beijos.

  19. Entendo e respeito porque já o fiz… mas fiquei chocada , juro , rs.
    Ontem mesmo fiquei super feliz em ver as mudanças e os resultados da sua pesquisa e hoje ao abrir o blog, me deparo com o post de fim.
    Sentirei muita falta de sentar aqui e ler o que você escreve Cássia, afinal seu blog , entre os brasileiros é o que eu considero de melhor no assunto ballet adulto, mas como disse acime compreendo e sei que você está buscando o melhor pra si. Espero que você encontre, seja findando de vez ou voltando vez em quando.
    Este é um espaço que fez muita gente feliz, o mais importante é que você saiba disso .
    Um grande beijo, querida, nos vemos no fórum !

  20. Cássia, fico triste, por um lado, porque a primeira coisa que faço ao ligar o computador de manhã é vir aqui no blog ver o post do dia, mas só tenho a lhe agradecer, já que foram os seus posts que me motivaram a começar a fazer ballet.
    Entendo perfeitamente seus motivos e lhe desejo toda a felicidade do mundo, vou morrer de saudades do blog, com certeza é o melhor sobre ballet que eu já li!
    O fórum continuará? Espero que possamos continuar falando por lá, foi muito bem feito e o novo layout está lindo!
    Parabéns pelo sucesso do blog e obrigada por tudo!
    Beijos

  21. Fico triste pelo fim porque venho bater meu cartão aqui diariamente mesmo que não comente. Mas eu entendo a sua decisão e espero que esse tempo venha lhe fazer bem, fico feliz por ter encontrado esse blog. Foi um ótimo espaço, e digo que o que você fez aqui fez muito bem.

    Beijos

  22. Cássia,
    Respeito totalmente a sua decisão. Sei porque já pensei algumas vezes em parar de blogar… mas continuei, como vc já deve ter feito.
    Posso só dizer que pretendo continuar lendo os seus posts no Carambolas… ou até mesmo no seu blog pessoal… mas vou sentir falta dos assuntos de sapatilha! Vai deixar saudades… porque sem sombra de dúvidas, considero o melhor blog de ballet que já frequentei!
    Beijos!
    lelê

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s