O ballet como coadjuvante da história

Eu sou uma apaixonada por cinema há muito tempo e tenho uma lista de filmes queridos. Para constar na lista eu tenho de querer revê-los sempre. E isso é raro para mim, não costumo rever filmes, tampouco reler livros.

Entre os meus dez preferidos, dois têm mulheres adultas que fazem ballet clássico. Não são filmes sobre dança, ela apenas faz parte da história de alguma maneira.

Fale com ela (Hable con ella, 2002)
Do espanhol Pedro Almodóvar, o filme conta a história de Benigno, enfermeiro que se apaixona pela bailarina Alicia, que faz aulas no estúdio em frente ao seu apartamento; e Marco, jornalista que namora a toureira Lydia. As duas sofrem acidentes e os dois se encontram no hospital. O filme já começa com Pina Bausch no palco. Assisti tantas vezes que perdi a conta.

A fraternidade é vermelha (Rouge, 1994)
Do polonês Krzysztof Kieślowski, o filme conta a história da modelo Valentine e seu encontro inusitado com um juiz aposentado. Terceiro filme da Trilogia das Cores (Bleu, Blanc, Rouge), é o meu filme preferido. Eu me identifiquei com a personagem logo nos primeiros minutos e quando ela aparece em plena aula de ballet, soltei um suspiro profundo. Na cena em questão, há várias adultas e percebemos claramente que ninguém ali é profissional. Não é um filme fácil, o final é metafórico, além de ser muito mais interessante para quem assistiu aos outros dois (apesar de não serem sequenciais). Sou suspeita para falar, porque amo esse filme de todo coração.

É bacana perceber que o ballet é apenas uma parte da vida dessas personagens. Da mesma maneira que acontece na vida da maioria de nós.

Anúncios

5 comentários sobre “O ballet como coadjuvante da história

  1. Eu adoro o filme Billy Elliot!! Gostei mto do Fale com Ela e do Curioso Caso do Benjamin Button.. mas achei muito triste o que aconteceu com a Daisy!!..

  2. Nunca vi nenhum dos dois filmes, mas já vi outros que não se centram só no Ballet. Tal como tu disseste, o Ballet é só uma parte da vida dos personagens. Um dos meus filmes favoritos é, sem dúvida, “O Estranho Caso de Benjamin Button”, tal como a Caiane mencionou. Para além de ser um filme lindo, profundo e extraordinário, narra uma época histórica (século XX). E tem Ballet.
    Eu também adoro a Daisy. Acho que é uma personagem simplesmente adorável, forte.

  3. Oii Cássia! Sempre com posts’ inteligentes, não? adoooro!’ e adorei esse sobre filmes que falam de ballet em alguma parte mas não são somente de ballet ;D Tem um também, que assisti esses dias, bem legal, “Sempre ao Seu Lado” ….. no começo já aparece dois casais de bailarinos num pas de deux… Beeijos <3

  4. Oi Cássia, tem um filme que mostra uma bailarina também [mas não é um filme sobre dança]. É bem recente : “O curioso caso de Benjamin Button”. Ela é umas das personagens principais… Eu particularmente gostei do filme!

    Beijoos, parabéns pelo blog!

    Cacá.

  5. Admiro os 2 por diferentes motivos, mas sou muito fã do Kieslowski (o resto da filmografia é demais e as trilhas sonoras então!!). Em 2002 tive que criar um solo de dança contemp. com uma das músicas de Rouge, uma singela homenagem ao filme da trilogia que mais gosto. Tb tenho uma lista de filmes que tem dança de alguma forma, mas não são filmes sobre dança, mas ainda não encontrei uma maneira de ligar isso ao blog e publicar. Beijinhos,

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s