Quando a gente se encontra

No espetáculo de 2008, eu dancei uma das coreografias com mais seis alunas. Ensaiamos tanto, convivemos tanto, que quis presenteá-las com algo especial: um pequenino CD com uma variação escolhida por mim especialmente para cada bailarina. Em cada CD, o vídeo da variação específica e uma lista com os links de todas as outras. E é claro que escolhi uma para mim. Tenho o meu vídeo guardado até hoje.

Não é uma variação espetacular, mas eu assisto e sinto: Esta sou eu dançando.

*

Observação: Meninas, não sou eu nesse vídeo! Essa é a Aurélie Dupont, primeira-bailarina da Ópera de Paris. Quisera eu dançar lindamente assim.

Anúncios

10 comentários sobre “Quando a gente se encontra

  1. Essa variação é linda mesmo. Adoro o momento em que a música se torna mais rápida e repetitiva, em que ela dança em redor do corpo de bailarinas.
    E achei que foi querido da tua parte teres arranjado uma variação para cada uma das bailarinas. Fiquei a pensar se conseguiria encontrar uma dança para cada uma das meninas da minha aula e acho que não conseguiria. Primeiro, porque não conheço assim tantas variações como tu, e segundo, porque apesar de já as conhecer há muito tempo, não tenho um envolvimento tão grande como tu tiveste com essas colegas. Imagino que tenha sido um grande convívio, pois saber encontrar uma boa variação para cada uma delas é sinal de que ficaste a saber mesmo muito sobre cada uma delas. ;)

  2. Kol, você consegue assistir normalmente aos vídeos do YouTube? Caso você consiga, clique duas vezes bem no meio do vídeo e um link será aberto diretamente no site do YouTube. Se mesmo assim você não conseguir assistir, volte aqui e a gente tenta resolver. ;)

    *

    Laura, você também comentou na lista de escolas de ballet, não foi? Respondi lá e responderei aqui. Fiquei muito feliz que você encontrou uma escola pelo blog. Depois me conta como estão indo suas aulas? :D

    *

    Ana, eu sou apaixonada pela Aurélie Dupont desde que comecei no ballet. Eu me identifico imensamente com ela, sem uma explicação racional para isso. Já fiz até um post com uma entrevista dela: https://dospassosdabailarina.wordpress.com/2009/03/29/em-tudo-na-vida/ Aí somei esse amor, mais a variação, e pronto. Eu olho e me desmancho, me reconheço totalmente. E tomara que dê tudo certo com esse figurino luxo das suas alunas! Ah, e obrigada por achar que variações delicadas têm a minha cara. E mais ainda pelo post para mim com a Aurélie! :D

    *

    Jaqueline, pode ficar sossegada. Você faz ballet há alguns meses, é normal a gente achar que não está evoluindo. E não é assim apenas no começo. Porém, chegará o momento em que você vai perceber que já aprendeu bastante coisa. Tenha calma, o ballet é a arte da paciência. Sobre as sequências, eu ainda passo por isso. Demora um tempo até coordenar corpo e música, fique tranquila mesmo! E obrigada pelo elogio que não foi para mim, hehehe, como já coloquei no post e você comentou, essa não sou eu. Quisera mesmo dançar lindamente assim. Eu só me identifico com a Aurélie Dupont, ela é a minha bailarina preferida.

    *

    Carol, ela é sim, leve e linda dançando. Só não é muito expressiva, acho que por isso me identifico. :P

    Beijos.

  3. Olá,
    acompanho sempre teu site, gosto muito da forma como você se coloca em relação ao ballet, fiquei impressionada achei que você dança muito. Tenho 37 anos e começei a fazer aulas de ballet a apenas seis meses, faço duas aulas por semana, mas sinto que as aulas não estão evoluindo, é assim mesmo? Algumas coisas tem me incomodado sabe? a professora não tem muita paciência com as alunas (jovens senhoras) , se esquecemos a sequências, e isso é bem comum de acontecer, pronto já perde toda a paciência, tornando a aula bem dificil.
    É tudo tão novo para cada uma de nós…sem falar que fico sempre lutando contra as tais e infinitas sequências variáveis, então fica assim ou nos matamos tentando entender a sequência e sequência dentro da musica (que até hoje ainda não compreendo, isso que eu canto em coral viu? Mas, confesso, não me atrevo a perguntar sobre a musicalidade)… ou pensamos em nossa postura e no onde colocar o que, sabe? Vc já passou por algo assim? Obrigada.

  4. Ah Variação de Aurora c/ Aurelie Dupont!!! Bem que vc disse que gostava dela, ela é excelente!!! (eu gosto tb mas não é das minhas favoritas). Sim, vc está certa, quando vemos dança dançamos juntos com os bailarinos, o cérebro não relaxa e repete os movimentos internamente. Adoro os tutus do corpo de baile, no joelho, se tudo der certo com a nova figurinista os das minhas alunas serão assim esse ano. Te mandei a lista des ballets por email, veja lá. Super bj!!!

  5. Olá Cássia, acompanho seu blog sempre e graças a ele encontrei a minha escola!
    Fiz uma aula hoje e amei, começarei semana que vem! Muito obrigada!

  6. Por que será que eu NUNCA consigo ver nenhum dos vídeos que vc posta aqui no blog, Cássia??? Que raiva… fico sempre curiosa… Alguma idéia para me ajudar?

    Tks, bjos

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s