Nas profundezas do Rio Nilo

No ballet A filha do faraó, a minha parte preferida é o momento no fundo do Rio Nilo. Gosto especialmente das variações. A minha variação dos sonhos, aquela que fez parte do Gala de Aniversário, veio daí.

Quando as três solistas se reúnem, até o barulho que as sapatilhas fazem quando as bailarinas saltam me encanta. Além disso, adoro a escadinha: a pequena, a do meio, a mais alta. Cada bailarina conseguirá se encontrar.

Anúncios

4 comentários sobre “Nas profundezas do Rio Nilo

  1. Cássia! Eu adoro esse ballet (não só essa parte mas o resto todo, figurinos, musica, cenário) um dos meus preferidos, tente assistir com a Maria Alexandrova, q é um absurdo na execução tb.
    Esse é um daqueles ballets pouco (ou melhor, nunca) montado no Brasil, pouco conhecido aqui, não se fala muito dele, não dão muito valor… vejo que aqui é comum trazerem e montarem sempre os clássicos mais conhecidos, Bela, QuebraNozes, Giselle, Coppélia, DonQuixote, Les Sylphides etc. etc. Mas queria poder ter a a chance de ver esses ballets (menos conhecidos) nos palcos daqui do Brasil.
    Lembro que quase me matei pra ver Sylvia com o Hamburg Ballet no municipal, e Jewels com o Opera de Paris em 2003.
    Beijão! Ana

  2. Sabe que nunca assisti completo? Preciso procurar no youtube e fazer isso!!!!!!!!
    Adorei o vídeo (vou procurar ele completo!)
    Beijos
    lelê

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s