Arlequim está chorando pelo amor da Colombina…

Foto: © Angela Sterling. Whitney Jensen como a Colombina do ballet Harlequinade.

O ballet Harlequinade sempre me faz lembrar da música Máscara negra, de Zé Kéti e Pereira Matos. E já que estamos em pleno Carnaval…

Tanto riso, oh quanta alegria
Mais de mil palhaços no salão
Arlequim está chorando pelo amor da Colombina
No meio da multidão
Foi bom te ver outra vez
Tá fazendo um ano
Foi no carnaval que passou
Eu sou aquele Pierrô
Que te abraçou
Que te beijou, meu amor
A mesma máscara negra
Que esconde o teu rosto
Eu quero matar a saudade
Vou beijar-te agora
Não me leve a mal
Hoje é carnaval

Para ouvir, clique aqui.
Para conhecer a história do ballet, clique aqui.

Anúncios

11 comentários sobre “Arlequim está chorando pelo amor da Colombina…

  1. Vim por indicação de uma aluna minha, q me falou desse blog faz tempo…… gostei e vou continuar vindo, me inspira a escrever no meu q está fechado a meses… rs. Delicado e informativo. Parabéns!

  2. A bailarina já é bonita e com esse figurino ficou mais ainda.
    Acho bacana as fantasias do carnaval veneziano,assim como as máscaras de lá que são lindas.
    Ainda não vi esse ballet completo,só algumas partes no youtube,mas o que vi já bastou pra eu gostar desse ballet tão alegre e carnavalesco.

    Bjs*

  3. Não sabia desse ballet! Vou ler agorinha.

    Mas eu não curti o figurino dessa Colombina!

    Ah, escolas do Rio serve pra indicar?

    Beijo!!

    1. Carol, eu também não gostei muito não… Colombina me lembra mais cores e, eu sei que é brega, mas eu gosto de pompom! :P Claro, pode indicar escolas do Brasil inteiro. E há bastante procura pelas escolas do Rio e é bacana ter uma indicação, já que você gosta tanto de onde estuda.

      Imenso beijo.

  4. Cássia, que conexão bonita você fez do ballet com o carnaval.
    Os personagens do Pierrot, Colombina e Arlequim, são clássicos da Commedia Dell’arte – teatro popular que nasceu na Itália. Esse teatro popular desempenhou importante papel na evolução do ballet, de diversão de corte para arte cênica.
    Daqui, gostaria de lembrar outra composição popular que tem como inspiração o referido trio: Noite dos Mascarados, de Chico Buarque, creio que composto para o filme Garota de Ipanema.
    Segue a letra. O link dele cantando com Nara Leão é: http://letras.terra.com.br/chicobuarque/45153/
    Bjsss.

    Noite dos mascarados

    – Quem é você?
    – Adivinha se gosta de mim
    Hoje os dois mascarados procuram os seus namorados perguntando assim:
    – Quem é você, diga logo…
    – …que eu quero saber o seu jogo
    – …que eu quero morrer no seu bloco…
    – …que eu quero me arder no seu fogo
    – Eu sou seresteiro, poeta e cantor
    – O meu tempo inteiro, só zombo do amor
    – Eu tenho um pandeiro
    – Só quero um violão
    – Eu nado em dinheiro
    – Não tenho um tostão…Fui porta-estandarte, não sei mais dançar
    – Eu, modéstia à parte, nasci prá sambar
    – Eu sou tão menina
    – Meu tempo passou
    – Eu sou colombina
    – Eu sou pierrô
    Mas é carnaval, não me diga mais quem é você
    Amanhã tudo volta ao normal
    Deixa a festa acabar, deixa o barco correr, deixa o dia raiar
    Que hoje eu sou da maneira que você me quer
    O que você pedir eu lhe dou
    Seja você quem for, seja o que Deus quiser
    Seja você quem for, seja o que Deus quiser

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s