Carmen

Se você me ama, eu não te amo.
Se eu te amo, é melhor tomar cuidado!
Carmen, de Bizet

Depois de A dama das camélias, mais um ballet feito especialmente para mulheres: Carmen. Inspirado na ópera em quatro atos de Georges Bizet, com base na novela homônima de Prosper Mérimée, conta a trágica história de amor entre uma cigana, Carmen, e um cabo do exército, Don José.

Há várias versões, desde a primeira do Petipa (o onipresente dos ballets de repertório), em 1845, até a de Rafael Aguilar, em 1992. Provavelmente há uma série de outras montagens entre esses e mais outras que sequer desconfiamos. No fim das contas, a gente acaba escolhendo qual prefere ou qual gostaria de dançar.

Encontrei um vídeo belíssimo com a Alessandra Ferri e o Laurent Hilarie, com coreografia de Roland Petit, de 1949. Como a publicação no blogue não foi aceita, as curiosas podem assistir clicando aqui.

A versão mais conhecida é a de Alberto Alonso, de 1967. A Alicia Alonso é perfeita no papel principal, parece que a personagem foi feita para ela.

Agora, a minha preferida. Desconheço o autor da coreografia (talvez tenha sido apenas para a competição), dançado por uma menina (para mim, é ballet para uma mulher), mas eu me apaixonei perdidamente. Dançarei um dia, nem que seja adaptada.

Sou suspeita para falar sobre Carmen porque amo tudo: a história, a música, a ópera, o ballet, o flamenco. Só falta eu ler o livro, o que provavelmente farei sem tardar.

*

A história da ópera, aqui.
O trailer da ópera, aqui.
O ballet e suas mil coregrafias, aqui.
E a sensacional Maria Callas cantando Habanera (a música que abre o post), aqui.

Anúncios

22 comentários sobre “Carmen

  1. Bruno, sério mesmo que Carmen é considerado uma adaptação de Dom Quixote? Eu acho tudo tão diferente, desde o estilo de coreografia até a interpretação necessária para o repertório. Acho que ele é mais parecido com A dama das camélias do que Dom Quixote. Eu vou pesquisar para tirar a dúvida, mas acho que enrolaram você, hehehe. E bem bacana você ter dançado esses pas de deux, é tão raro um bailarino comentar por aqui! Volte sempre, é tão bacana saber mais. :)

    Grande beijo.

  2. sou muito fã de carmen e ainda mais foi meu primeiro pas de deux amo, adimiro muito ,mas, uma coisa me deixou triste….. o fato de o balé de carmen ser considerado uma adaptação de don quixote(2º pas de deux para mim) e nao ser mais considerado um repertório,bom foi o que me participaram, porem até hoje vivo na esperança de que isso seja mentira, he he!!!

  3. Simoní, entendi, publicar os vídeos realmente pode dar alguns problemas. Infelizmente, a gente fica curiosa, hehehe. Mas, sem dúvida, adorarei ver as fotos! :D

    Doce beijo.

  4. Ai Cássia até temos video, mais somente em DVD, não temos autorização para publicar na rede, youtube e tal, minha Profª já passou por alguns problemas por conta disso, ai combinamos evitar esse tipo de divulgação de algumas coreografias. Mais tenho fotos qualquer dia posto no blog. :D

    Beijão

  5. Thaís, o meu sonho de bailarina é a Kitri. Eu choro toda vez que assisto a Dom Quixote completo, lindo lindo lindo! Adoro Esmeralda, e Paquita, por incrível que pareça, só me encanta o corpo de baile. Amo, dançaria tudo! E Carmen, quem dera um dia eu tenha essa força toda para dançá-la com propriedade.

    Beijos.

  6. Motivos espanhóis e flamencos são sempre os mais apaixonantes no ballet clássico. Não há nada mais bonito e sensual, ao mesmo tempo delicado e ardente, do que a Kitri de Don Quixote, Paquita, Carmen, Esmeralda. Deus meu! Eu piro com essas espanholas/ciganas bailarinas!

  7. Charm, mas qual era o vídeo que não abriu? Fiquei curiosa.

    *

    Leticia, eu confesso que tinha uma certa birra com o ballet Carmen, por gostar muito da ópera. Mas um dia, no blogue Músicas de Ballet, eu baixei e fiquei ouvindo… Eu me apaixonei e fui atrás dos vídeos. Ah, e sobre a personagem, eu não sou “Giselle”, mas tenho “cara de Giselle”, até fiz um post aqui sobre isso. Sou pequena, delicadinha, cara de menina, aí pronto, adeus Kitri, Gamzatti, Carmen, Dama das Camélias, hehehehe. Já assisti a Dom Quixote inteiro? Vai que você se apaixona por Kitri? É a minha personagem dos sonhos.

    *

    Heydi, essa coleção do Melhor do Ballet é muito bacana! Eu preciso comprar, namoro há um tempão. E sobre a menina dançando Carmen, foi para uma competição, a Youth America Grand Prix (YAGP), uma competição para bailarinas de 8 a 19 anos. Então, na verdade, ela nem “interpretou” Carman propriamente falando, então que cabe nesse contexto. Agora, a montagem completa, aí não dá certo. E, nossa, queria que a minha realidade fosse a técnica dessa menina, hehehehe.

    *

    Simoní, que lindo! Tem vídeo? Eu quero assistir! :D É, Carmen é forte mesmo. Eu, sinceramente, não tenho o dom de fazê-la, confesso. Esse carão de “sou mais eu, conquisto quem eu quiser, quando quiser e do jeito que eu quiser” é para poucas.

    *

    Leticia, fica tranquila, você só está tensa porque é a primeira apresentação! Eu já me apresentei duas vezes no Teatro Santo Agostinho, lá é bacana para quem dança e para quem assiste. E relaxe, vai dar tudo certo na apresentação. E vai ser lindo, com certeza. ;)

    Beijos.

  8. Meninas,
    Precisava dividir isso com alguém! E tinha que ser com vocês… tive um pesadelo horrível! Nem começamos a ensaiar a apresentação de fim de ano e já estou tendo pesadelos… rs. Sonhei com a apresentação de fim de ano. E pra começar eu estava com uma roupa completamente diferente de toda a turma!! Olhei para a minha amiga e quase tive um surto no sonho! Depois veio o “famoso” branco e eu errei a coreografia inteiraaaaa (q eu nem conheço!). Para completar não tinha ninguém pra me dar força! Nem meu noivo apareceu na minha apresentação que foi por sinal em um lugar horrivel! (que não vai ser, porque já está marcado para o Teatro Sto Agostinho!! que não é horrível)
    Gente, como posso ter surtos de pesadelo assim tãooo antes? Eu nunca me apresentei, deve ser isso…
    Beijos!!!
    Le

  9. Genial, Carmen é apaixonante!
    Ano passado fizemos uma das variações, mais era bem simples, porém senti um pouco de dificuldade com a expressão, como você mesmo disse Carmen é muito forte, realmente um Ballet para mulher.
    Mais foi lindo, a coreografia foi pequena mais uma das mais intensas do espetáculo!

    Beijos Cássia!

    =]

  10. Precisei sair pra que meu marido pudessepassa rum e-mail. E não comentei sobre a jovem bailarina.

    Muito lindinha, está mais pertto da nossa realidade, que Alicia ou Feeri, não é mesmo Cassia?

    Não achei conveniente, mas a coreografa deve ter tido(3 verbos juntinhos? Aff) suas razões, pra colocar uma menina dançando carmem.

  11. tenho uma versão de do creo Mats Ek, do ballet Cullberg Ballet da suecia. É um moderno, muito intenso e “picante” pra caramba.

    Gostaria de compartilhar esses DVDs que tenho, são da coleção “o melhor do Ballet”, mas ainda não sonsegui. É dififcl

    Alexandra ferri étudo de bom.

  12. Não consigo ver os vídeos (são todos travados aqui no computador do escritório)… mas vou tentar ver em casa.

    Adoro a história de Carmen, mas nunca tive a curiosidade de buscar cenas do ballet… e para dizer a verdade, não consigo me imaginar nem como Giselle, nem como Carmen… rssss. Não sei se encontrei uma “personagem” que tem tudo a ver comigo… mas vou encontrar ainda.

    Adorei o post (mesmo sem ver o vídeo)…
    Bjooos!

  13. Oi Cássia

    Não vi que o vídeo estava em seu post, sorry about that! Eu vi que havia referências a diferentes montagens de Carmem,mas não vi que esta estava lá.
    Quanto ao post deletado, no hard feelings!

    [ ]’s

  14. Carol, mas sabe que acho Carmen fora do meu mundo até hoje? É forte demais para mim, eu sou muito mais uma Giselle. uma Nikya, do que uma Carmen, hehehe. E você, ainda mais sendo novinha, seria realmente difícil se identificar. Por isso eu acho que é ballet para mulher mesmo, senão perde o sentido.

    *

    Carol, esse é um dos pas de deux, mas parece que nas versões mais dançadas, Habanera é solo. Eu já tinha visto esse vídeo, quem gosta dessa versão é a Karen (balletadulto.wordpress.com). Eu também gostei, ainda mais porque os dois conseguiram manter a tensão do casal o tempo todo.

    *

    Dinah, uma cigana que destrói corações masculinos e acaba com a vida de um homem, só pode ser feito por uma mulher, hehehe. Uma bailarina novinha pode ser incrível perfeitamente, mas não terá esse olhar e essa paixão que só vemos nas adultas.

    *

    Charm, obrigada pelo vídeo, eu realmente gostei… mas ele já estava no post. ;) Eu comentei que não consegui colocá-lo aqui (foi desabilitado para não ser publicado em qualquer outro lugar). Achei belíssimo, além de mostrar como a Alessandra Ferri, além de uma bailarina formidável, é excelente atriz, ela consegue transitar entre Giselle e Carmen tranquilamente. Sem falar que ela e o Laurent Hilarie me convencem, o tempo todo, que estou vendo Carmen e Don José. E o segundo vídeo não abriu, por isso exclui o comentário, tudo bem?

    Beijos.

  15. Ah, na escola a gente teve que encenar um ao de Carmen na aula de Educação Musical. Lembro de ter achado bem intenso, bem… fora do meu mundo, bem dramático. Eu era novinha, né…

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s