O vídeo mais legal que vocês vão assistir hoje

Para divulgar as apresentações de Harlequinade, o American Ballet Theatre produziu um vídeo incrível. Em vez de um trailer com trechos do ballet ou alguma encenação básica, foi realizado um curta-metragem: em quase quatro minutos, assistimos a uma história com começo, meio e fim, totalmente sem diálogos. É tão legal que sentimos vontade de assistir ao ballet sem pestanejar!

Espero ansiosamente por mais vídeos iguais a esse!

Harlequinade, American Ballet Theatre. Direção: Ezra Hurwitz.

Anúncios

Um duo italiano

A Cyndi e eu temos uma brincadeira entre nós: uma lista de coreografias que dançaríamos juntas. Geralmente, quem escolhe as coreografias é ela, e eu sempre gosto de todas!

Hoje ela me mostrou esta aqui, as princesas italianas em O lago dos cisnes. É uma das adaptações de repertório que o English National Ballet faz para crianças. Que graça!

“Dança italiana”, O lago dos cisnes, English National Ballet, Maeve Nolan e Ritsuko Ogino.

 

Grand pas classique de “O Barba Azul”

A querida Myrna Jamus, professora-ensaiadora-maestra-entende-de-repertório-como-poucos, me enviou este vídeo: o grand pas classique de O Barba Azul, de Marius Petipa. Acredito eu, um ballet pouco conhecido, mas quem quiser saber um pouco sobre ele, em inglês, aqui.

O vídeo tem 17 minutos, aproveitem para separar um tempinho no fim de semana, aumentem a imagem para ocupar a tela inteira e se desmanchem de amor. É lindo, é o ballet clássico que arrebata nosso coração.

“Grand pas classique”, O Barba Azul, Dance Open. Kristina Kretova, Semyon Chudin e corpo de baile do Saint Petersburg State Academic Yacobson Ballet Theatre.

O Brasil no Benois de la danse

Guardadas as devidas proporções, o prêmio Benois de la danse seria o Oscar da dança. Entregue desde 1992 pela International Dance Union, em Moscou, o júri é composto por artistas renomados da dança ao redor do mundo.

Como não poderia ser diferente, o anúncio dos vencedores e vencedoras acontecerá em uma gala no Teatro Bolshoi no dia 5 de junho; no dia seguinte, haverá mais uma gala, agora com artistas vencedores de outras edições.

Quem quiser saber quem já ganhou nos anos anteriores, aqui.

Há artistas brasileiros indicados em alguma categoria? Sim, e estamos bem representados:

Amanda Gomes, melhor bailarina, papel-título de Esmeralda, Ópera de Kazan.
Daniel Camargo, melhor bailarino, solista em “Chamber Symphony”, de Shostakovich Trilogy, Het Nationale Ballet/Dutch National Ballet; Solor de La bayadère, Tokyo Ballet.
Deborah Colker, melhor coreógrafa, por Cão sem plumas.
Jorge Dü Peixe, melhor compositor, por Cão sem plumas.
Berna Ceppas, melhor compositor, por Cão sem plumas.
Gringo Cardia, melhor cenógrafo, por Cão sem plumas.
Além disso, Nora Esteves compõe o júri.

A lista completa de indicados e indicadas, aqui.

Boa sorte a todos vocês!