Estudar em casa

É um assunto controverso. Há professoras que incentivam, outras são contra, porque estudar sozinha pressupõe ausência de acompanhamento. De uns tempos para cá, só aumenta o número de comentários de quem quer estudar em casa. O que fazer?

No livro Curso de balé, do Royal Academy of Dancing, livro voltado para o estudo fora da sala de aula, Margot Fonteyn escreve no prefácio: “Não ensinarão a dançar – isso compete estritamente ao professor – mas ajudará a compreender em que cadência é aconselhável que você realize o seu trabalho […]”. Só então percebi que vale sim estudar dessa forma.

Aqui está uma lista do que eu considero importante para o estudo em casa. Se alguém quiser contribuir com alguma coisa, sinta-se à vontade.

Barra fixa
Por questão de segurança, acho importante ter barra fixa, pois com uma cadeira ou outro móvel as chances de cair são grandes. Não precisa ser imensa, mas o suficiente para os exercícios serem feitos. Pense no tamanho e grossura que deseja, e leve a um serralheiro (se quiser de ferro) ou a um marceneiro (se prefere de madeira). Não quer ter esse trabalho? Compre uma vara para cortina. Há de madeira, ferro, plástico e vende em qualquer loja de materiais de construção. Só lembre-se que é preciso fixá-la muito bem na parede. Há também as barras móveis, caso não exista uma parede na sua casa que possa ser usada. (Eu tenho barra fixa em casa e expliquei como fazer uma igual. Para ler, clique aqui.)

Vestuário
Claro que ninguém precisa se vestir semelhante a uma aula de ballet, mas não use nada que atrapalhe os movimentos, além de se manter aquecida. E, claro, use as queridas sapatilhas.

Piso
Bom seria se a vida fosse perfeita e todas as bailarinas pudessem ter linóleo em casa. Nem sempre é possível, por isso, apenas evite piso escorregadio. Quem puder comprar, a Dança Brasil vende a R$ 12,00 o metro linear.

Música
Não dá para estudar sem ela. O excelente Música de Ballet tem vários arquivos de música para aulas. Clique aqui para baixar.

Livros
Uma biblioteca sempre começa com o primeiro livro. No começo, não acho necessário comprar mil livros sobre o assunto, para depois enfeitarem a estante da sala. Livro é para ser lido e, além disso, um livro técnico é para ser consultado quando necessário. Para mim, são dois os livros básicos que seria bom toda bailarina ter.

Princípios básicos do ballet clássico, Agrippina Vaganova
O Método Vaganova está todo nesse livro: conceitos básicos, battements, movimentos de rotação das pernas, braços, poses do corpo, movimentos conexos e auxiliares, saltos, batidas, trabalho de pontas, giros, outras espécies de giros, exemplo de aula e exemplo de aula com acompanhamento musical. Estudo completo em quase 200 páginas. É muito fácil encontrá-lo em inglês e por um preço bem acessível. Em português, só com muita paciência e busca pelos sebos. Tenho os dois, mas acho importante ter o livro técnico na nossa língua, a menos que a pessoa seja realmente fluente em inglês. Para comprar em português, pesquise no Estante Virtual (onde encontrei o meu) ou busque nos sebos que conhece. Para comprar em inglês, Livraria Cultura e Amazon.

Curso de balé, Royal Academy of Dancing
É um guia ilustrado, com exercícios que vão do pré-primário ao quinto grau do Método Royal. Para as mais avançadas, talvez ele não tenha tanta graça. Com apenas dois anos e meio de ballet, só não conhecia uma coisa ou outra, mas li em poucas horas e me apaixonei. As ilustrações e explicações não deixam margem para dúvidas, além de ter lembretes para os exercícios serem feitos da melhor maneira. Ele é superfácil de ser encontrado, eu comprei na Livraria Cultura.

Depois de ler e reler esses dois, fica muito mais fácil selecionar os melhores livros sobre ballet, inclusive em outros idiomas. Afinal, encontrar em português…

Planejamento
Se você chegou até aqui, adianta tudo isso se não houver planejamento? Qualquer estudo requer repetição e continuidade. Organize-se. Segunda é barra, quarta é alongamento, sexta é centro. Ou barra segunda, quarta e sexta, centro terça e quinta, alongamento todos os dias. Diagonal, só se a sua casa tiver um cômodo grande e sem móveis no caminho, certo? Escolha o que for melhor para você, só não dá para fazer quando der vontade.

Complemento das aulas
Não adianta fazer em casa o que nunca foi feito em sala de aula com o acompanhamento de um professor. Repita o que já conhece. Além dos riscos de lesão, você se acostumará aos exercícios feitos de maneira incorreta e consertar isso depois será um problema. O melhor é aprender corretamente, sempre.

E se parei de dançar?
Volta e meia alguém comenta que parou de dançar por vários motivos. Especialmente quando somos adultas, mil empecilhos surgem. Quer voltar? Compre os livros, assista a vídeos, estude muito e relembre o que foi visto. O nosso corpo é sábio, ele grava o que já aprendeu. Não tente nada com grande dificuldade, mas não pare de dançar. Com estudo e paciência.

E se eu nunca dancei antes?
Você vai se matricular em uma escola e aprender com um professor qualificado. Depois você volta e relê o post.

Bônus
Quer mais uma ferramenta de estudo? O American Ballet Theatre tem um dicionário em seu site, o Ballet Dictionary, com vídeos exemplificando vários dos passos de ballet. Para ver, clique aqui.

About these ads

37 opiniões sobre “Estudar em casa

  1. Importantíssimas suas dicas. Tenho barra e espelho em casa e faço ballet numa escola e também em casa. Acredito que os treinos diários ajudam muito. Percebo isso quando estou em aula. Principalmente quanto ao alongamento. O meu é melhor dos que os dos bailarinos que não treinam diariamente. Vou adquirir os livros. Obrigada !

  2. Amei suas dicas. Tenho 17 anos e nunca fiz nada com dança. Gosto muito de balé e sempre me chamou a atenção. Enquanto morar com meus pais vão ser difícil.fazer aula, pq meu pai acha q é besteira, bobagem. Mas viu aprender a dançar, não tenho intenção de ser profissional, mas sim só aprender um pouquinho de balé.

  3. oi cassia eu adorei o seu blog ,parabens eu amo o ballet eu tenho 13 anos …adorei o seu blog e continue assim beijos

  4. oi eu naum achei o livro Principios Basicos do Ballet Classico de Agrippina Vaganova em portugues na Estante Virtual… como vc achou?
    Eu adorei o seu blog, eh realmente mt bom!!!
    eu tenho 21 anos e comecei o ballet faz +ou – 2 meses e to adorando!!
    sempre quis fazer…
    e como eu sou gosto mt do saber(sempre fui a nerd na escola) eu preciso d mais material de ballet!!! qualquer coisa!!!
    obrigada e parabens seu blog eh show!!!

  5. Oi Cássia, tudo bem!!
    Ando seguindo o seu blog e estou amando!
    Li esse post sobre estudar em casa e tentei clicar nos links que vc destacou mas não é possível. no tópico “MÚSICA” levo a setinha no “aqui” que vc indicou e nada acontece….será que estou fazendo algo de errado? Gostaria muito de baixar umas músicas pra treinar em casa!!

    Obrigada, bjs!

    • Milena , eu pego os nomes dos cds de ballet no Youtube, Depois baixo. Tente fazer isso . Bjs!

  6. Oi Cássia, consegui comprar uns dvd´s didáticos de ballet, são muito bons, mas infelizmente são inglês, dá pra entender, mas poderia absorver melhor se tivesse tradução. Vc sabe de algum programa que traduz o áudio desses vídeos. Gosto muito do seu blog.

  7. Nossa! Amei seu blog!
    Estava há um tempão atrás de uma bibliografia de ballet e você deu! = )
    Obrigada!
    Beijo
    Juliana
    Brasília

  8. oi sou um bailarina eu amo o ballet e todas as minhas colegas de lá agradeso muito a professora e todos de la e é isso q eu tenho pra falar de la e bem legal tambem

  9. obrigada, querida!

    é que sempre que eu baixo fica no formato do daqueles livros empilhados
    e não abre

    sacanagem isso comigo, eu sou um O em internet! pffff
    é melhor eu fazer um curso logo!!!

    • Cyndi, qual foi o problema para você não conseguir baixar? Comigo sempre deu tudo certinho. É só me falar e eu te ajudo a baixar.

      Beijos.

  10. Tenho tres DVDs que tem me ajudado muito, na complementacao das aulas:
    – New York City Ballet Workout (vols1 e 2)
    – Ballet class for beginners do David Howard
    – Ballet Conditioning da Elise Gulan.
    Comprei todos pela Amazon.

  11. eu gostei muitos dos comentarios,mas ver so cassia eu faço ballet,mas so vou uma ou duas vezes no mes,eu so tenho ensaio do studio dia de sabado,eu começei faz poucos meses foi em dezembro,como faço pra fazer aulas em cassa pelo menos umas tres vezes na semana,pois eu passo esses dias todo sem ir quando eu vo me bate uma ”preguisa” q eu n faço é nada la.me diz como eu faço pra comprar esses DVDS aqui no recife.
    bjosssss e parabens pelo blog

    • Andrezza, no próprio post eu explico como complementar seus estudos em casa. Sobre os DVDs, o mais fácil é comprar pela Internet. Faça uma breve pesquisa e com certeza você vai encontrar. ;)

      Grande beijo.

  12. Oiii Cássia,
    Me desculpe só responder agora, eu tava dodói..rs
    Então, tive uma grande dificuldade em achar dvd aula, mas encontrei uma moça na net que vende tudo o que você imagina sobre Ballet….rs
    O email dela é : katia_zanini@yahoo.com.br
    O dvd que comprei é pra nível iniciante, que é o meu caso, mas ela tem bastante coisa importada também, mande um email pra ela, e peça o catálogo dela, ela te envia um catáloo com tudo o que ela tem!!
    É ótimo, eu recomendo!!

    Bom é isso! Espero ter ajudado!

    Bjuu Bailarina

    • Priscila, muito obrigada! Já mandei e-mail para a Kátia. E vem cá, você está melhor? Se cuida, o importante é ficar boa. :)

      Grande beijo.

  13. oi Cássia… fui lá na Ana esperalda ontem… conversei com a karen, e farei uma aula experimental hoje. Gostei muito dela, mas quero um parâmetro de comparação. Quero fazer aula experimental em, pelo menos, mais uma ou duas escolas. Em qual escola vc faz agora?

    PS: se não quiser responder por aqui, me mande um e-mail… beijos

    • Carol, a lista de escolas de ballet aqui do blog só tem escolas indicadas por alunas. Há vários locais de São Paulo. Visite os sites e escolha aqueles estúdios que se adaptam ao que você deseja. Tenho certeza que você encontrará locais bem bacanas.

      Grande beijo.

  14. Oi Cássia!!

    Gostaria de agradecer imensamente o seu e-mail! Desculpe por não ter respondido ainda, eu (também) quero fazer isso com calma!! Mas acho importante agradecer! :)
    Eu simplesmente adoro os seus posts!

    Beijos!

  15. Oiiii Cassinha!!
    Nossa, você acredita que eu ia perguntar sobre estudar em casa lá no DÚVIDAS? PERGUNTE!! ..rs
    Muito esclarecedor tudo o que você postou aqui.
    Eu comprei uns dvds aula de Ballet, pq só tenho aula no sábado, e durante a semana sinto muito a falta dos exercícios, mas só comprei depois de perguntar para minha prô, e com a autorização dela…rs
    Estou adorando, só que, a disciplina tem que ser maior ainda, pra estudar direitinho, e um detalhe, não tento fazer nada que ainda não aprendi. Só tô fazendo o que já fiz na aula…
    Bom, é isso, ainda bem que você lê pensamentos Cassinha querida!!! rs

    Bjuu Bailarina

    • Pri, mas que bom que li seus pensamentos, hehehe. É que há tantos comentários sobre estudar em casa, além de eu mesma ter passado por professoras que incentivavam isso, que comecei a repensar se não era melhor fazer também. Mas da melhor forma possível, para ninguém se machucar. E quais DVDs você comprou? Acho mais fácil compreender algumas coisas assistindo como é feito… O livro técnico complementa o DVD e vice-versa.

      Grande beijo.

  16. Oi Cássia, é a primria vez que comento no teu blog, mas já o leio há algum tempo. vou voltar para o ballet agora, no mês de Abril, mas já dancei quando mais nova… hoje tenho 23 anos e estou bastante animada… É bom ver pessoas como vocês que nos encorajam a voltar… A propósito, vc az na ana esmeralda né? em caso positivo, vc gosta de lá?

    Sobre os exercícios em casa, quando eu dançava quando era mais nova, fazia poucos exercícios em casa por falta de espaço, mas agora, quero complementar meus alongamentos…

    parabéns pelo blog, beijos

    • Carol, eu não faço mais aula no Ana Esmeralda desde janeiro. Marque uma aula experimental lá para você mesma perceber se gosta, se é bacana, se corresponde às suas expectativas. ;) O endereço e telefone estão na lista em “Escolas de ballet”, no canto direito do blog. Sobre o alongamento, comecei a fazer todo dia de um tempinho para cá e tive uma melhora considerável. Antes eu não fazia por preguiça (feio, eu sei, mas era por isso mesmo…), mas agora melhorei tanto que nem isso tenho mais. E muito obrigada pelos elogios ao blog. Seja sempre bem-vinda, viu?!

      Doce beijo.

  17. Muito útil.
    Até porque tenho de começar a treinar os passos da dança que vou apresentar e também treinar um pouco de pontas.

    Só não consegui encontrar essa tal lista de passos no site do American Ballet Theatre.

  18. Normalmente eu estudo em casa p/ reforçar o que não faço em aula… acaba sendo mais uma complementação do que um aprendizado.
    Confesso que prefiro fazer aula 1 x por semana com professora a fazer aula sozinha. Eu até tento, mas o prazer não é o mesmo.

  19. Como as outras, eu adoraria ter um espacinho pra dançar em casa, mas infelizmente não possuo recursos pra isso. Hahaha
    E eu também ainda não possuo total consciência corporal, fico meio insegura quanto a algumas movimentações.
    Beijoos

  20. Pudera eu ter espaço pra dançar em casa… Meu apartamento é tão pequenininho que nem dá pra fazer alongamento. Hahaha

    Beijo!

  21. Ah eu bem que gostaria de estudar em casa com barra, espelho e tudo o que se tem direito, mas morro de medo de me machucar mesmo fazendo exercícios que já conheço, acho que ainda não tenho a consciência necessária pra fazer isso agora, quem sabe no futuro.

    Beijo

  22. Eu sempre gostei e precisei de um mestre, um tutor. Gosto de alguém por perto, pois sempre tenho muitas dúvidas e preciso esclarecê-las, ou não gosto de ir adiante.

    Pensei em ter barra em casa. Meu namorado até acha que devo. Mas acho que ainda não é a hora… A Karen mesmo disse que, primeiro, temos que comprometer a nos alongar sempre.
    Quero ter um espaço maior e também mais nível técnico.

    Além disso, em casa, eu prefiro ler e assistir a vídeos no youtube, ou ballets completos. É um estudo também. Adoro observar os movimentos. A observação me ajuda muito nas aulas!

    Beios grande!

  23. Cássia
    Logo que comecei no ballet, estudava diariamente em casa. Mas só alongamentos… logo comecei a incluir os pliês. Nos últimos tempos, pela total falta de tempo, parei! Mas sinto muita falta.
    Eu me organizava para estudar 30 minutos por dia, logo pela manhã. Além de começar o meu dia maravilhosamente bem, fazendo ballet, era o único horário que conseguia me organizar (sou meio metódica).
    Não vejo a hora de voltar… mas agora faria uma estrutura de estudo diferente. Colocaria elementos que tenho mais dificuldades na aula.
    Mas achei válidas as dicas e é importante a consciência de não exagerar.
    Beijos
    lelê

Os comentários refletem a opinião dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da autora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 476 outros seguidores