A primeira vez na sapatilha de ponta

Alguém se lembra quando, em abril, contei sobre a minha ansiedade pelo uso da ponta? Enfim, o dia chegou.

A minha primeira sapatilha de ponta: eu não comprei, ganhei.

A minha primeira aula na ponta: não foi aula, foi ensaio.

Um dos motivos pelos quais eu relutei em deixar a outra escola foi por uma grande amiga. Nós nos conhecemos no ballet e toda vez, depois da aula, ficávamos conversando e compartilhando o que nos acontecia. Não queria perder esse convívio, mesmo sabendo que a amizade continuaria.

O meu aniversário foi em junho, saí em julho. Ela quis me encontrar para me dar um presente. Recebi um pacote embrulhado em papel celofane cor-de-rosa. Quando abri, um saquinho de pano florido. Não acreditei, era uma partner student da Capezio. “Eu queria te dar a sua primeira sapatilha de ponta.” Nem preciso dizer que voltei chorando para casa.

Julho passou, agosto passou, setembro chegou. Voltei a dançar.

Faço duas aulas, uma de iniciante, outra de intermediário. Eu já havia feito aula experimental, por isso, antes da minha primeira aula “oficial” a professora pediu para eu levar a ponta. Costurei o elástico, as fitas, fui ansiosa além da conta. Ela nem falou nada para eu usar, tampouco eu perguntei. Mas, confesso, voltei para casa igual criança que não ganhou presente de Natal.

Na aula seguinte, turma de iniciantes, ensaio do corpo de baile. Curiosas para saber o que vamos dançar? Tema para outro post. Só digo que vamos todas dançar na ponta, mas não é nada complicado de fazer.

Bailarinas a postos, a pergunta: “Trouxe a ponta?”. Ai. “Trouxe.” “Pega.” Ai de novo.

A minha sapatilha está certinha no meu pé, então não cabe ponteira. Ela me emprestou uma igual a essa. Serviu, mesmo ficando um pouquinho apertada. Durante o meu semestre no segundo ano, sempre fiz aula com sapatilha de meia-ponta com fitas, exigência da professora. E eu lembrava como amarrava? Nada!

Ouvi o “Vamos quebrar a ponta”. Pé direito, meia-ponta, ponta. Pé esquerdo, meia-ponta, ponta. “Força nesse pé, Cássia!” Agora, as duas. Relevé e… tcharã!

Só as bailarinas sabem o que sentimos neste momento.

Ensaiei na ponta, mas foi bem simples. No começo, parecia que eu tinha um tijolo rosa nos pés. Depois, fui me acostumando.

Agora também faço parte do mundo das sapatilhas de ponta. As agruras dobraram, mas a felicidade nem tamanho tem.

*
P.S. 1 Há quem diga que a partner student já vem quebrada. Nem venham cortar a minha graça da professora ter quebrado a minha. Ela quebrou e pronto.
P.S. 2 Há quem defenda o uso da ponteira, há quem defenda a sapatilha ajustada no pé. Com o tempo descobrirei o melhor para mim, mas a minha primeira aula tinha de ser com o meu presente.

About these ads

62 comentários sobre “A primeira vez na sapatilha de ponta

  1. Oi Cassia acabei de achar você, estava pesquisando algo sobre sapatilhas apertadas, e ponteiras e acabei lendo sua história. Então vou contar a minha, hoje chegou a minha Partner Student 183 pelo correio, comprei pela internet usada mas em estado de nova, que alegria mal consegui trabalhar pensando em como seria finalmente calça-las. Fiz ballet quando pequena – apenas um ano, mas a vontade de dançar vem me acompanhando sempre, infelizmente onde eu moro não tem aula para alunas velhinhas da minha idade (19) ;/ Sei que corro o risco de me machucar ou criar joanetes em casa, mas comprei só para realizar meu sonho mesmo e pendura-las na parede… Quem sabe se um dia tiver aulas por aqui eu faça… Beijos

  2. Cássia, Cássia!

    Amanhã vou fazer minha primeira aula de ponta! Costurei minha sapatilha ontem de noite (é uma Capezio Partner Student 183), mas acho que vou ter que colocar um elástico extra. rs

    Não resisti e tive que comentar com você. Depois vejo se escrevo um post sobre essa primeira experiência no meu blog.

    bjs!

    • Melissa, me conte tudo, não me esconda nada: como foi sua primeira aula de ponta? E a partner student é ótima, só me dou bem com ela. Obrigada por compartilhar comigo, querida. =]

      Imenso beijo.

  3. oii eu tenho 11 anos e já uso ponta….. mas eu sinto uma dor imensa não sei se e a ponteira que não me adequei ainda pois uso uma estudante e ponteira de silicone vou experimentar outras ponteiras e sapatilhas para ver se me adequo…. e tenho uma pergunta como quebrar uma sapatilha de ponta o mais rápido possível ????

    Beijos!!!!

  4. eu tenho 13 anos e danço ballet há 7 anos e fiz 1 ano de jazz , eu estou na ponta agora , com a student comprei faz 2 dias e já quebrei ela rsrsr

  5. Oi meu nome é Julia e eu tenho 14 anos e faço Ballet já tem um ano e minha professora irá me colocar na pota esse ano então queria saber quais as melhores marcas para eu não comprar uma furada beijos Grande

    • não tem errada as da capezio são muito boas… só usei essa marca de sapatilhas até então mas não tenho comentários negativos a fazer…

  6. Comecei na ponta aos 17 anos com a student e não conseguia quebrá-la por nada. Fiquei atrasada na turma, um dia antes do espetáculo final a quebrei em casa do nada enquanto forçava. Foi lindo. Fiquei um ano parada por conta da faculdade, só fazia jazz e hip hop e voltei agora com 18 para 19, a student não aguenta mais meu pé de jeito nenhum. No espetáculo de fim de ano ela quebrou no meio enquanto sambávamos na coreografia – eu sambo muito rápido, rsrssrs, quebrou tanto que meu pé saiu dela – enfim, não consigo mais subir pq ela (student) não dá mais conta de mim ;/// mimimi. Sempre usei ponteira, dói demais sem – tenho o pé bem sensível. Minha primeira sapatilha vou guardar pra sempre!

  7. oi tenho 12 anos começei a fazer ballet agora mas ja tenho o arco do pé curvado quanto tempo vou demorar para usar sapatilha de ponta? e qual a melho sapatilha de ponta para iniciantes?

  8. Alguem me ajuda por favor. Eu começo as aulas de ponta em agosto pois estou de ferias do ballet. Miha professora disse que eu ja poderia comprar a ponta e como ela estah presente na academia todos os dias ela pediu pra eu ir mostrar a sapatilha e costurar a fita quebrar a ponta e fazer o ensaio. Ainda n comprei pois ela disse que a escolha da ponteira era minha. Me disseram que a de silicone eh melhor mas a de pano sente mais o chao. Eu n sei qual escolher por favor a juda.

    • Olha cada um tem uma preferencia mas na minha opnião a de silicone é melhor pois te dá mais segurança,a de pano não faz muita diferença!

    • Luna, sentir o chão não é uma vantagem! Há quem prefira a ponteira de pano por “sentir mais os pés”, por acharem que assim podem ter um controle maior. Já as ponteiras de silicone protegem mais os seus pés da dor. Não a elimina, mas te protege. Como você vai começar, melhor comprar de silicone. É mais seguro.

      Beijos.

  9. Cassia minha historia eh parecida c a sua. Eu tenho 16 anos e qdo fazia ballet começei a ponta aos 12. Meu amigo q hj eh meu namorado me deu a ponta a primeira. Ele sempre assiste e como estava perto do meu niver a professora falou c ele e ele me deu a ponta como pedido de namoro. Eu cheguei em casa toda derretidaaaa.beijos e essa sua amiga com certeza eh sua amiga verdadeira.

  10. Eu uso ponteira de silicone. Sei o q vc sente Cassinha, pois na minha primeira aula, q dor mas a felicidade ganhava. Beijos

  11. Ah, outra coisa. Comprei o número com base no uso da ponteira mesmo. Bem sabia que podíamos usar sem ponteira. Achei que o pé se acabasse sem a ponteira! rsrsrs

  12. Cássia, comprei minha minha 1ª sapatilha de ponta.
    A professora pediu que eu comprasse para acompanhar a turma, que está iniciando os estudos nas pontas.
    Estou meio ansiosa… ACABEI de começar a ter aulas de Ballet. Como assim, já vou subir nas pontas? Acho bom e ruim ao mesmo tempo. Sempre achei que fosse crucial dominar os movimentos com a meia-ponta antes da ponta, o que ainda não é meu caso.
    Mas ela disse que acredita que eu tenho condições de acompanhar… e que eu deveria me apresentar no festival do fim do ano e, para isso, teria que começar a treinar com a ponta, senão não teria como participar da apresentação.

    bom… Independente de qualquer coisa (se eu mereço ou não subir nas pontas agora), estou feliz de ter uma sapatilha aqui, esperando o momento de eu calçá-la na aula. É um Capézio Partner 180 (padrão da escola). Não é a Student (a 183). A professora disse que a Student é muito mole e que nós somos adultas pesadas e ela ficaria inutilizável muito rapidamente.
    Ela veio com a fitinha costurada, mas terei que costurar o elástico, de qualquer forma.

    Ansiosa e tensa… com medo de não merecer a ponta ainda.

    • Olha realmente para subir na ponta você tem que ter um pouco de experiência e tecnica tanto que eu faço ballet á 10 anos e só á 1 mês pude subir na ponta! mas se sua professora diz que você tem condições e pq ela acredita no seu ptencial!

  13. Cássia,eu tenho 11 anos,quando eu era menor e eu sempre falava: ” quero por ponta para ficar mais alta” eu tinha razão e ainda tenho pois sou baixinha de tudo.Mas agora eu falo: quero tirar a ponta esta machucando eu não quero mais ficar com isso no pé…..

    tenho 2 pergunta:1- qual é a melhor ponteira:a de espuma a de gel ou a de silicone? eu tenho a de silicone mais ainda machuca muito eu ponho esparadrapo e não resolve.
    2- como eu faço para quebrar a ponta mais rapido

    • Cássia! Eu tenho 14 anos, e hoje à tarde terei minha primeira aula na ponta! Confesso que estou muito ansiosa! Estou ciente que a ponta machuca os pés, e entre outras coisas… Mas vou segurar a dor, porque o meu amor pelo balé supera qualquer dor passageira!
      Beijos, adorei sua história!
      P.S: Eu tive que comprar minha ponta, foi linda a história de que sua amiga lhe presenteou! Parabéns!

  14. Olha, eu tenho um pé bem largo, mesmo, então a minha primeira ponta tece que ser com uma sapatilha de um box largo, o problema é que cidade pequena não tem lá essas coisas para se comprar … O que conseguir foi uma sapatilha que só se ajusta ao meu pé sem ponteira, para mim pelo menos é melhor, claro, dói mais os dedos, mas nada que esparadrapo e um carão durante o ensaio que não resolva uahsuhas Isso de usar ponteira ou não é muito pessoal, eu uso sem por que me sinto mai estável em cima da ponta e sem aquele medo constante de cair, mas para quem tem pânico de bolhas eu não aconselho a não usar ponteira.

  15. tenho 11 anos uso sapatilha de ponta e amo!!!
    achei emocionante a sua historia a minha professora de ballet até hj faz o meia-ponta,ponta, meia-ponta tcharã! bjs

  16. Oieee…pessoal eu sou nova por aqui mas sapatilha de ponta é minha paixão…
    eu me sinto como se eu estivesse voando…
    Faz mais ou menos 8 meses que eu pude sentir esse prazer e estou achando o MAXIMO…
    abração….

  17. nossa que legal !!! essa historia é linda !! eu ainda nao estou na ponta mas eu sito a mesma coisa que vc ansiedade para subir na ponta !!!

    todo mundo diz que é um bicho de 7 cabeças pq o pé fica todo machucado mas depois da sua historia acho que eu ja estou mas tranquila !!

    beijos!

  18. A Historia é linda,e realmente,a emoção de subir na ponta pela primeira vez é indescritivel…é tão unica quanto cada vez que se entra em um palco para uma apresentação e depois de terminar ,receber o aplauso do publico.São Momentos magicos e unicos que só as bailarinas podem descrever,mesmo as palavras sendo poucas para isso.

  19. Ai gente, que história linda, ainda não sei como é o sentimento de usar uma ponta pela primeira vez, mas sei como é receber a sua ponta!! hoje foi minha aula publica, no ballet e quando acabou, todo mundo teve uma grande surpresa, como o ensaiado, quando acabasse a reverencia, a professora ia chamar os nomes e a gente ia pegar o diploma, mas isso não aconteceu, a professora começou a falar um monte de coisa e tudo começou a se encaixar, porque antes de começar, a minha professora desceu com as sapatilhas, sem saber que eu estava lá e eu comecei a desconfiar e depois que ela começou a falar aquilo tudo, tudo se encaixou perfeitamente! Ela foi chamando uma por uma e entregando a sapatilha, foi um momento unico, que eu nunca vou esquecer, foi perfeito, um sentimento que só quem faz ballet e já ganhou ponta sabe como é! To muiiiiiiiito feliz, muiito mesmo, quase chorei, mas só vou acreditar no que esta acontecendo quando tiver a primeira aula de ponta, vai ser perfeito!! só faltou uma coisa nesse momento: minha irmã me vendo, ela fazia ballet desde pequena e saiu no ano que ia ganhar ponta e se arrepende até hoje!!

  20. nouss,deve ter sido o MELHOR DIA DE TUA VIDA!!!!!!!!
    tbm vou por ponta agr em agosto e uzei uma estratejia:
    compra minha sapatilha no ultimo sabado(pq na outra semana,dom,seg e finalmente ter o primeiro“ensaio´´com a ponta)rss
    tchau
    beijkssss

  21. Nossa que história, eu amei…
    Semana que vem minha sapatilha de ponta chega…
    Estou com um pouco de medo mas sei que vai dar tudo certo…
    Já a minha história é totalmente diferente eu a considero como uma história de superação , esforço e um sonho de ser bailarina que Deus colocou no meu coração…
    Vou contar a vcs….

    Tenho 22 anos e sou casada, meu primeiro contato com o Ballet foi aos 18 por causa do ministério de dança….
    Aos 20 entrei na minha 1ª escola de ballet, pra mim estava tudo bem até que comecei
    a ouvir coisas muito desagradaveis…
    Eu estou acima do peso e estava naquela época tbm e comece a ouvir coisas absurdas e pessoas rindo de mim dizendo ue eu não poderia ser bailarina pq eu era gorda, era palavras pesadas e risos que eu aguentei durante 8 meses.
    Sai da academia e esntrei em depressão, não queria nem sair de casa e foi nesse tempo de sofrimento que Deus me disse que eu seria uma bailarina e eu questionava dizia: DEUS COMO? EU BAILARINA?GORDA DESSE JEITO?ISSO NUNCA IRÁ ACONTECER… Porém Deus me respondeu dizendo: O SENHOR NÃO VÊ COMO O HOMEM, O HOMEM VÊ A APARENCIA MAS O SENHOR VÊ O CORAÇÃO (1Samuel 16:7) O SENHOR NÃ ESCOLHE O ELE CAPACITA O ESCOLHIDO… Estas palavras não sairam do meu coração, e no ano passado eu ouvi que haveria eu Festival de Dança e incentivada por colegas resolvi me increve, e justamente uma das oficinas era o ballet e eu me increvi…
    No dia do Festival antes de começarem as oficinas tivemos uma ministração de louvor e adoração naquele momento senti a Glória e o Poder de Deus sobre a minha vida, eu me joguei ajoelhada no chão e comecei a chorar sem parar e eu perguntava pra Deus PORQUE EU????PORQUE COMIGO??? PORQUE, PORQUE, PORQUE….
    e Deus usou o ministro de louvor pra me dizer EU TE ESCOLHI VOCÊ É CAPAZ EU SOU CONTIGO, foi ai que eu chorei mais ainda…
    A ministração acabou e fomos para as oficinas, porém eu continuava chorando, quando eu entrei na sala pareceia que todo mundo estava olhando pra mim, e eu disse pras meninas que estavam comigo eu não vou fazer a aula, e elas não aceitaram insistiram e eu me levantei e fiz a aula…
    No fim da aula a gente sempre tira foto com os preletores do festival, e fomos tirar foto com a Proª de Ballet e Missionária Julianna Rocha e ela nos disse que tinha uma Cia de dança e uma academia de ballet as meninas ficaram se descabalando quando ela disse qua tiram vagas e minhas colegas queriam fazer e queriam que eu fize-se eu disse que pensaria no caso…
    Foi quando eu chame a Jú em um cantinho começei a chorar e contei tudo o que havia acontecido comigo ela chorou tbm e me disse que queria que eu fosse fazer uma aula com ela, eu aceitei…
    Na semana seguinte fui onde ela estava dando aula quando ela me viu focou muito feliz e disse que não era por acaso que eu estava la, me lembro como se fosse hoje Deus agiu de uma forma tão sobrentural que as meninas do ballet não foram só estava eu a Jú e minha amiga, verdadeiramente Deus tinha preparado aquele dia.
    Foi ai que me anime continuei fazendo as aulas mas no começo desse ano a depressão começou a me abater novamente e eu deixei de frequentar as aulas mão eu sempre falava com a Jú por tele fone e ela me dizia faz um esforço volta pras aulas e eu não ia.
    O tempo passou os dias passaram e se completava 7 meses que eu tinha desistido do meu sonho, dom e do talento que Dues tinha me dado foi quando lendo o livro ” É Tempo de Dançar” foi ai que eu vi a besteira que tinha feito, pequei o telefone e liguei pra Jú dizendo anhamã eu to ai isso foi dia 12/07/10.
    No dia seguinte eu fui ele me abraços e pulou de alegria ao me ver, fiz a aula e desidi que era hora de encarar o desafio que Deus me deu, hoje estou feliz porque faço o que amo e faço o que Deus me ordenou, minha sapatilha de ponta shega semana que vem é uma partner 180 da Capézio e eu não vejo a hoja dela chegar…
    Hoje estou emagrecendo, e que seja feita a vontade de Deus na minha vida, eu creio que Ele está me preparando uma grande serpresa e eu vou esperar…
    EU NÃO VOU DESISTIR!!!

    ”NÃO SESISTA NÃO PARE DE CRER OS SONHOS DE DEUS JAMAIS VÕ MORRER (Ludimila Feber)

  22. nossa q historia bonita queria ter uma amiga q nem essa,també é minha primeira vez doi mtssssss,a minha prof falou q tal vez eu e outras meninas vao dancar fadas no final do ano???
    bjus…

  23. Eu comprei minha primeira ponta poucas semanas. Mais ai estou vendo agora que esta muito apertada pois meu numero é 36 e a vendendora me empurrou uma 37/2 e deveria ser uma 38 para caber a ponteira. Essa 37/2 cabe a ponteira mais esta muito apertada e sem ponteira eu sofro muito, em pouco tempo de uso meus pés ja doem bastante e se enxeram de calos. alguem pode me dizer se eu posso fazer alguma coisa pra sapatilha nao ficar tao apertada ou vou ter que aguentar até comprar outra ponta .
    dinheiro perdido pois minha ponta faz semanas só estou muito chateada por ter ouvido a vendedoura só em casa que vi que estava pequena.

    • Alessandra, qual ponteira você usa? Se for aquela de silicone transparente, ela é muito grossa. Experimente outra ponteira, eu uso biqueira de silicone. É fácil de achar, não ocupa muito espaço e segura bem a dor nos pés. Outra coisa que você pode fazer, é bater a caixa (a frente da sapatilha) no chão. Você também pode, de leve, subir na caixa para alargá-la. Aperte a caixa com o seu calcanhar, depois experimente. Eu fiz isso com a minha primeira sapatilha, que estava bem apertada, e ela deu uma booooa amaciada. E não fique chateada, eu também já acreditei em vendedora. O lado bom é que agora você já sabe como funciona a questão da ponteira e do tamanho da sapatilha, e saberá comprar direitinho.

      Beijos.

  24. Vou começar minhas aulas de ponta , semana que vem , tenho que comprar a sapatilha ainda , ela disse que a minha tinha que ser box , prq eu não tenho peito de pé , eu queria saber a melhor pra mim , e eu calço 36-37 qual seria o numero adequado p/ mim ?
    Beijos:D

    • Débora, a melhor maneira de você saber qual o número adequado a você é experimentando na própria loja. Sapatilha de ponta funciona diferente dos sapatos comuns: um pouquinho a mais ou a menos de centímetros nos pés e seu número já muda. Vá a uma boa loja de sapatilhas, converse com a vendedora e experimente as sapatilhas que puder, sem pressa. Pelo visto, a sua professora indicou a Partner Box, da Capezio. Entre no site da marca e encontre uma loja bacana para você.

      Beijos.

  25. Nossa mtas pessoas dizem q sapatilha de ponta é o terror,mas, minha primeira vez foi o max e parecia q eu tinha pisado nas nuvens mas o ruim foi pra quebrar meu dedo mindinho ficou com uma bolha enormeeeeeeeeee!Mas mesmo assim amo no final do ano vou dançar o magico de oz

    • Raissa, como você pode dizer que a sua primeira vez na sapatilha de pontas foi como pisar nas nuvens se você ficou com uma bolha imensa no dedo mindinho? Hehehe. Suportamos a dor porque amamos dançar, mas não negamos o fato de que as sapatilhas de ponta machucam sim, são difíceis sim. A gente só se acostuma.

      Beijos.

  26. Nossa,
    na sua primeira vez com a ponta,voce acha que a dr vai ser muita!
    Pelo menos comigo nao doeu,foi uma beleza,agora vou participar do GINDANÇA na ponta!

  27. Cosette, então, boa sorte nas sapatilhas de ponta! ;)

    *

    Giovanna, a gente sente dor sim, mas há várias maneiras dessa dor ser amenizada. Há as ponteiras, sejam elas de silicone, gel ou tecido. Também há dedais feitos de gel, eu uso, e conseguem amortizar nos dedos que sofrem mais. Ninguém merece sentir dor, nem mesmo bailarinas, ao contrário do que costumam dizer. Use o mais adequado para você e divirta-se!

    Beijos.

  28. olá Cassia….
    bom,quando eu realmente subir na ponta….eu irei sentir muita dor? se eu sentir dor o que devo fazer?
    desde já agradeço!!! grande beijo

  29. Ai, imagino!
    Eu própria quando vi a minha professora a mostrar-me sapatilhas de ponta para eu experimentar ( para ver o tamanho e a que tipo eu mais me adaptado ), mal falar eu conseguia de tão entusiasmada!

    Virei sim partilhar aqui com vocês!
    Beijo!

  30. Cosette, eu nem chorei quando abri o presente de tão emocionada que fiquei. Fui chorar depois. E ela é sim minha grande amiga ainda, nos falamos e nos vemos quando dá. Sério que você começará na ponta este ano? Você vem nos contar como foi? :D

    Grande beijo.

  31. Que bom Cássia!
    Muitos parabéns! Ai, deve ter sido uma emoção quando abriste o presente da tua amiga e viste as sapatilhas! Que sorte a tua, espero que continues a manter contacto com essa amiga, porque embora tenhas feito uma escolha de mudar de escola, à relações e memórias que nunca se esquecem!

    Eu também devo começar pontas este ano! Só experimentei ainda pôr-me em pontas com ela, ainda não fiz nenhum exercício asério, mas estou ansiosa por fazer!

  32. Gracia, eu faço ballet há dois anos e estou na terceira escola. Usar ponta depende muito da escola onde você está. Onde estudo agora, a professora já começa trabalhando as alunas para o uso da ponta, já que todas são adultas. Se não me engano, em um ano ou menos, dependendo do trabalho realizado anteriormente. Talvez você ainda não use por causa dessas interrupções todas. Por que você não marca uma aula experimental lá na escola? ;)

    Grande beijo.

  33. Nossa, que inveja boa! Sabe que minha meta no balé é usar ponta algum dia na vida? Faz 5 anos (cheios de interrupções) que me arrasto nas aulas e ainda nada. Qto demorou pra vc???

    Beijos!

  34. Luciana, adorei o seu comentário! Vamos mesmo aos pouquinhos, uma vitória por dia, passo a passo, sem desistir. E o seu momento na ponta chegará. O meu não chegou? Então. :D

    *

    Minha querida Ká, você não sabe o quanto é importante ler o “você merece ser cuidada como aluna e bailarina”. Isso faz uma diferença tão tão grande. Obrigada, por hoje e pelo que virá.

    Imenso beijo.

  35. MInha linda pupil!!!
    Minha linda amiga!!!

    vc merece ser cuidada como aluna e bailarina… e sim as piruetas serão simples e fáceis de serem executadas pois vc conseguirá faze-las de forma tão natural quanto andar!!!

    beijos

    Tia Ká!!!

  36. Cassia, parabens! Uma das coisas que acho mais lindo no ballet (ou nas bailarinas) é essa evolução pequena e persistente, a cada aula. Vamos aos pouquinhos… e a cada semana, cada mês, atingimos um objetivo, realizamos um pequeno sonho. E a ponta é um dos maiores deles, ne? Talvez a meta mais esperada. Parabens de novo!! Bjos

  37. Leticia, muito obrigada. Ah, mas o seu dia de ponta chegará logo, mesmo que você tenha de fazer uma prova. Logo mais estaremos conversando sobre sapatilhas de ponta.

    *

    Ana, muito obrigada. Realmente, é uma emoção inexplicável. A minha professora acha que devemos usar ponteira de silicone, mas é que eu queria usar a sapatilha que ganhei. Pelo jeito, acabarei comprando outra, mas por enquanto vou proteger os dedos que doem.

    *

    Clarissa, fique tranquila que o seu dia está muito perto. E fico feliz que você tenha percebido a mudança pelos posts. :D Agora sim tenho mais assunto para postar e compartilhar entre todas nós. Força na sapatilha para você também!

    *

    Patrícia, eu acho que somos bailarinas até descalças, mas a ponta nos dá outra visão da dança. E queira mesmo, logo mais você sobe na ponta!

    *

    Cá, querida, muito obrigada! É mesmo, agora é “a vida na ponta”, hehehe.

    *

    Mel, chega sim! Eu, aos 30 anos, não cheguei? Com certeza, você chegará!

    *

    Aline, você tem razão, nós somos masoquistas mesmo. Esperamos pelo dia em que dançaremos sentindo dor!

    *

    Carol, as fotos ainda estão com a Karen, estou esperando a liberação, hehehe. A partner student é mole, mas é preciso dar uma amaciadinha. A minha fica bem justa, mas não quero trocar agora, pensei em colocar alguma proteção no dedão (onde dói) e no dedinho. Talvez seja legal você comprar essa proteção para o dedão, especialmente por causa da joanete, tem no site Ponta Firme (pontafirme.com.br). Sim, vamos todas dançar na ponta, mas não é nada complicado. Vou postar um trecho, você verá como é tranquilo. E fiquei muuuuuuuito feliz em saber que você vai dançar! Qual o tema, figurino, conta tudo!

    *

    Mari, muito obrigada.

    Beijos.

  38. E foto? hehe

    Bom, como eu disse, minha professora não faz questão do uso de ponteiras e é realmente impossível colocar uma na minha Capézio, que também é partner, mas 180. Ou seja, beem mais dura… Mas foi a que eu encontrei e minha profa apenas disse que eu teria que fazer mais força para amolecer. Ah sim, como eu já disse, minha professora me ensinou a não falar “quebrar” hahah

    Não sei se vou usar ponteira… Só se trocar de modelo, né?

    Sinto que a Capézio coloca meu dedão muito pra dentro, dobrando mesmo na joanete. Não machuca, sapatilhas normais e sapatos do dia a dia fazem isso. Mas eu não faço tanta força nesses sapatos, né?

    Enfim, não sei ainda qual será a sapatilha ideal. É muito cedo pra saber…

    E se apresentar na ponta, já? Que máximo! Eu ainda vou dançar na meia ponta no final do ano. Ah, sim: vou dançar! =D

    Beijos e parabéns!!! Lindo sua amiga ter te dado.

  39. Que post + lindo! É mesmo super emocionante subir na ponta, é lindo demais. Nós bailarinas somos os seres mais masoquistas que existem, porque apesar da dor, não há nada que se compare a subir em uma ponta.
    Bjokas!

  40. Que bacana, Cassinha!
    Fico feliz por vc!!
    Boas aulas de ponta!
    como diz o blog da colega bailarina agora: la vie en pointe

    Bjo grande

  41. Tudo que faz parte do ballet é encantador, não é ?! Então, sapatilha de ponta dá asas para voar…
    A minha duvida é se será apenas para nós :)

    Tambéeeee quero ;)

  42. Oiii Cássia! poxa, fiquei muito feliz por vc…tô esperando o meu grande dia chegar tbm! tô percebendo pelos seus posts que a mudança de escola tá te fazendo um bem enorme! aproveita cada minuto dessas novas descobertas e conta tudo pra gente depois! heheheh parabéns pela sua conquista e força nessa ponta, bailarina!!

    beijos :)

  43. É uma emoção inexplicável, não é?

    Já falei várias vezes que a minha primeira aula na ponta foi assustadora, dpois passou e eu não perco uma aula por nada, até já fiz uma aula particular rs.

    Mew, sério mesmo não acho que a partner venha quebrada, tudo bem que ela é molinha, mas mesmo assim tem que fazer uma força pra quebrar.

    E como minha autopiedade é enorme minha sapatilha é 2 números a mais do que eu calço pra caber uma ponteira de silicone na caixa, sinceramente uma maravilha, adoro. Mas como eu disse minha autopiedade é enorme quanto menos dor melhor.

    Parabéns pela conquista!

  44. Cássia,
    vi a sua mensagem no twitter e nem preciso dizer que fiquei super feliz por você! Estou super ansiosa também, então entendo a sua felicidade. A minha subida na ponta tem data… nem preciso dizer que estou quase correndo pra loja para comprar a sapatilha. Mas ainda está super indefinido como isso será, talvez tenha que fazer prova, talvez não… mas logo logo te conto.
    Beijos

    PS> o meu post tb é sobre ballet… depois dê uma passada lá.

  45. Geeeente! História mais linda, Cassinha! Como eu sempre digo, a primeira sapatilha de ponta não esquecemos nunca! E sim, com o tempo, vc. vai descobrindo qual é o melhor ajuste, a melhor marca, etc…

    Beijos!

Os comentários refletem a opinião dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da autora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 391 outros seguidores