Degas, o artista das bailarinas

Edgar Degas (1834-1917) foi um pintor, gravurista e escultor impressionista francês. Não sei qual a sua relação com o ballet, mas há uma extensa lista de obras suas com bailarinas como tema.

Bailarinas de azul, Edgar Degas, 1890

Eu fui a uma exposição de Degas no Museu de Arte de São Paulo (Masp), em 2006. Ainda não fazia ballet, mas lembro direitinho do comercial. Achei encantador pela alusão clara às bailarinas e fiquei ainda mais feliz quando cheguei lá e estava lotado. Daí foi a minha vez de ficar na ponta dos pés…

Comercial feito pela agência DM9DDB para a exposição “Degas, o universo de um artista”, no Masp

Quem quiser ver mais obras dele, clique aqui.

About these ads

12 opiniões sobre “Degas, o artista das bailarinas

  1. Emily, também conheço o trabalho da Jana Magalhães, ela faz umas ilustrações lindíssimas! Obrigada por ter trazido o link para cá, amei a bailarina. :D

    Grande beijo.

  2. Tudo quem têm ballet no meio já me cativa.
    Amo Degas,justamente pelas suas bailarinas.
    Com seu post aqui é sobre pintura eu gostaria de comentar sobre a Jana Magalhães,ela faz uns desenhos que são uma graça e para minha surpresa adivinha o desenho novo que ela postou no site…uma BAILARINA SUPER FOFA!!!

    Passa lá e dá uma olhadinha.
    Aqui está o link:

    http://www.janamagalhaes.com/2010/02/04/a-bailarina-hoje-vou-assim-edicao-especial-carnaval/

    De danada que eu sou,já copiei é claro.rsrsrsrs!!!

  3. Natália, pelo jeito você escreveu dois comentários porque eles não “apareceram”, não é? É que aqui no blog, para comentar, o primeiro comentário sempre precisa ser aprovado. Depois disso, cada vez que você comentar com o mesmo e-mail anterior, os comentários aparecem automaticamente. É uma maneira de evitar spams ou algo desagradável por aqui. ;) Mas como há algumas diferenças entre os comentários, achei bacana deixar os dois aqui…

    Muito bacana o seu estudo sobre Degas. E, realmente, bailarinas são excelentes como objetos de estudo do movimento. Sobre as esculturas, eu vi apenas uma, nessa exposição do Masp. Fiquei curiosa e depois pesquisarei sobre as que estão no Museu D’Orsey. Acredito em você, devem ser realmente mais bonitas! Muito obrigada pelo comentário e parabéns pelo seu trabalho.

    Beijos.

  4. Olá, Cássia!

    Gostei desse post. É através dele que estou conhecendo o ‘Dos passos da bailarina’.
    Estou escrevendo uma mini monografia sobre Degas e suas bailarinas; qual a relação dele com elas, por que pintou, esculpiu e desenhou tantas, muito mais que qualquer outro tema (lavadeiras/passadeiras, cotidiano, cavalos, nus, e até paisagens – parece que não gostava muito desse).
    Realmente, ele fazia suas artes com o objetivo de sempre estudar e aprimorar seus conhecimentos e suas técnicas. No caso, queria chegar à forma do movimento. E nunca se dava por satisfeito.
    Antes, eu achava que ele poderia ter sido apaixonado por alguma bailarina, que não o tivesse correspondido… Mas ele era muito fechado para essas coisas… meio frio…

    Quanto às esculturas do Masp, pelo que vi nos livros, não são as melhores. Tanto que muitas levam o nome de ‘Estudo …’. Desculpa: no meu ponto de vista, não são as mais bonitas… Já as do Museu D’Orsey… belíssimas! Tal como suas telas. Isso é só pelo que vi nos livros; ainda não fui a esses museus.

    Bem, foi um prazer conchecer seu blog.
    Parabéns por ele! E parabéns pela sua força em começar no balé aos quase 28 anos!

    Até mais.

  5. Cássia, gostei muito de seu post. Estou escrevendo uma mini monografia sobre Degas e suas bailarinas; descobrindo qual era a sua relação com elas, por que as pintou, esculpiu e desenhou tanto, tanto mais que qualquer outro tema (lavadeiras/passadeiras, mulheres se penteando, nus, cavalos, e até paisagens). Realmente, as pinturas dele eram todas com o objetivo de estudar, de aprofundar cada vez mais seu conhecimento e suas técnicas em suas artes. Sempre achei que ele fosse apaixonado por alguma bailarina em especial, que não o tivesse correspondido… Nunca havia imaginado que fosse tão frio… Ele buscava a forma, a forma do movimento.

    As esculturas que estão no Masp, me parece, não são as mais bem elaboradas. Já as do Museu D’Orsey… são belíssimas, tanto quanto suas telas e desenhos. Apesar de nunca ter idos a esses museus, vi nos livros onde cada qual está.

    Até mais.
    E sucesso!

  6. Dina, obrigada, obrigada pela informação! Nas minhas aulas de História da Arte, acho que eu ficava mais preocupada com Monet e Renoir, porque nem lembro de ter ouvido sobre Degas. Acho que minha professora da faculdade não era muuuuito fã dele, hehehe.

    *

    Jessy, é mesmo, eu li no seu blogue! Acho que isso ficou na minha cabeça, porque decidi postar sobre Degas depois de ficar lembrando sobre esse comercial da exposição do Masp, de verdade! E eu simplesmente AMEI o tema da sua apresentação. Sério! Lindo é pouco! E você está intimidada a nos mostrar as fotos. Se Curitiba fosse mais pertinho de São Paulo, eu até iria assistir, hehehe.

    *

    Carol, obrigada também pela informação! São mesmo, as obras dele são tudo, mas nessa exposição do Masp nem tinha tantos quadros de bailarina, sabe? Eu fiquei meio decepcionada.

    *

    Thays, eu me sinto assim com aquela escultura da bailarina. Eu tenho até o marcador de livro com uma foto dela, mas me dá agonia.

    *

    Carol, na faculdade, como falei para a Dina, acho que a minha professora de História da Arte não era tão fã dele, porque na minha mente só lembro das aulas sobre Monet e Renoir. Talvez até por isso Renoir seja o meu pintor preferido, hehehe.

    Beijos.

  7. sou apaixonada pel,as pinturasde degas, desde q o estudei na faculdade! na minha academia tem varios quadros dele

  8. Eu estava passando uns dias em São Paulo nessa ocasião e pude ir ao MASP ver a exposição.

    Não sei explicar mas tem algo nos quadros dele que me perturba … Acho que a expressão das bailarinas, não sei :|

  9. Oii! Pelo que eu me lembre das minhas aulas de arte da quinta série, o Degas quis retratar as bailarinas porque queria retratar o movimento, e não pessoas paradas, e achou o ballet perfeito pra isso. As pinturas deles são tudo, néé
    Beeijos ;*

  10. Que bonitas pinturas as de Degas! Quem me dera ter ido a essa exposição!
    E o comercial é bem bonito. *-*

    E obrigada pelo link! Gostei muito das pinturas!

  11. Menina, olha soh q coincidencia! Em junho, a apresentaçao da minha escola eh justamente baseada nas pinturas de Degas! Ele eh show de bola neh? consegue captar a alma das bailarinas! Eh TUDOOOOOOOO! hehehehehe…
    Bjos!

  12. Oi Cassia!! tbm adoro o degas, ele pintava bailarinas pq queria captar o movimento (era impressionista ne), pintava tbm lavadeiras pelo mesmo motivo… adoro pinturas impressionistas, gosto do aspecto meio borrado e tal… tenho varios livros do degas, legal vc postar sobre ele!!

Os comentários refletem a opinião dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da autora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 434 outros seguidores