A professora de ballet

Curso regular ou livre, infraestrutura, localização, metodologia, mensalidade, organização. Todos esses fatores são importantes na escolha de uma escola de dança? São. Porém, se tornam ínfimos perto do item mais importante: a professora.

Não basta ter uma excelente formação, ter dançado não sei onde, ter mil anos de experiência em dança. Se ela não sabe dar aula e não entende de estrutura corporal, esqueça. Se ela não compreende que cada aluna é única e tem o seu tempo de aprendizagem, esqueça. Se ela se gaba e acha que as alunas jamais a alcançarão, esqueça. Se ela incita a rivalidade em sala de aula, esqueça. Se ela tem a sua preferida e não acompanha o desenvolvimento das demais, esqueça. Tudo isso parece óbvio, mas não só acontece bastante, como é comum.

Uma professora de ballet, geralmente, é diferente das demais professoras de outras danças. Estudou desde pequena, passou por mil professoras extremamente rígidas, sofreu um bocado e, com isso, tem em mente que ballet é a dança da perfeição. Mas perfeição existe? Não. Nem a melhor bailarina dentre todas é perfeita, sendo assim, nós também não seremos. A questão é acreditarmos que sim, entrar nessa neura e nos sentirmos as piores do mundo por conta disso.

Tudo isso se agrava quando a aula é para adultos. Daí, das duas, uma: ou a professora exige brilhantismo de quem não tem corpo nem desenvolvimento para isso, ou afrouxa na técnica porque não vai perder tempo com quem não conseguirá fazer o que ela quer.

Não existe justificativa nem para uma coisa, nem para outra. Uma boa professora vai ensinar ballet da melhor maneira possível respeitando o tempo de cada aluna. Ensinará a técnica, sem descuidar da pedagogia. Terá sensibilidade para lidar com mulheres que quiseram ser bailarinas na infância e hoje tem de lidar com as próprias limitações. Olhará cada aluna como única, entenderá o seu tempo e as suas habilidades. Uma professora assim faz de uma bailarina o melhor que ela pode ser.

Outra coisa importante: uma boa professora sabe o quanto é importante para as suas alunas dançarem feito bailarinas. Não facilita a coreografia, mas também não exige o que não pode ser feito. Entende até o encanto que existe para nós em vestir um tutu, amarrar as fitas das sapatilhas e dançar no palco.

Ainda bem que resolvi recomeçar do zero quando mudei de escola. A minha professora é excelente. Não dá nem para descrever o quanto evolui, o quanto eu sinto que posso melhorar e por que não tenho medo de errar. Eu já falei para ela e repito aqui: graças à minha professora, eu não sinto que serei, mas que eu sou uma bailarina de verdade. E se a sua professora não faz você se sentir assim, repense se você está no lugar certo.

About these ads

74 opiniões sobre “A professora de ballet

  1. Nossa! Perfeito esse texto, vou começar a fazer aulas de Ballet, e esse texto me incentivou mais ainda.

  2. UaU! Texto divino, adorei!
    Eu como professora de ballet, tento ao máximo dar o melhor de mim para as minhas bailarinas, sendo adultas ou crianças e o meu maior esforço, é fazê-las sentir a paixão que sinto ao dançar… Pois isso, é muito melhor que qualquer técnica perfeita, só assim, acho que elas conseguirão aprender ballet.

    • onde você da aula de balet porque tenho muita vontade de dançar mais não conheço ninguem que enssine

  3. Parabens pelo seu blog!, eu acredito que toda menina por um dia por um minuto já sonhou em ser bailarina, devemos por esse motivo ja que temos a aportunidade de ser bailarina espandir pelo nosso Brasil a magia e o encanto com muita leveza e graciosidade de divulgar esta arte de dança assim como você está fazendo, Para todas muito Gel com glitter.
    Pânmella, 13 anos, pratico a arte do ballet desde meus 6 anos de idade interruptamente.

  4. Oi .me chamo rita de cassia.ano passado eu comecei a fazer JAZZ mas nao era o que eu queria .entao resolvi fazer bale classico so que tenho um pouco de medo .quer dizer tinha .depois de entrar no seu site gostei muito.mande uma resposta pelo meu email.ha sou de manaus-am

  5. Olá,
    Gostei mto do seu blog e croncordo contigo.
    Quero mto começar a refazer ballet, mas gostaria de achar uma escola, vc poderia me ajudar???
    Moro na Zona Leste.
    Obrigada,

    • Carolina, no canto direito do blog há o banner “escolas de ballet”. Clique nele e veja uma lista de escolas pelo Brasil afora e várias são da Zona Leste de São Paulo. Aposto que você encontrará um local bacana.

      Grande beijo.

  6. Olá tudo bem?
    gostei muito do seu blog!
    Gosto muito de ballet mais nao estou tendo condiçoes de pagar aulas e estou a procura de um blog que ensine desde o começo!
    se vc gostar da sugestao eu visitarei sempre pra fazer as aulas!
    que podem ser atraves de videos!
    desde ja agradeço.

  7. Seu site é mara tenho 14 anos ja estou no balé a 5 anos Meus professores são esselentes e sou conpletamente apaixonada pelo balé . Eu sonho um dia ser uma grade bailarina pelo mundo e realizar varios eventos . No meu sonho eu esero que se realize um dia . Bjuhs…

  8. oiiiiii amei seu blog, e eu sou professora de ballet tanto para adulto quanto para criaças e estou amando tudo isso, suas palavras estao me ajudando muito acrescer como professora e ser uma boa professora. obrigada!!
    bjjbjbj
    se vc estiver msn me add he o mesmo do email

  9. ola faço ballet a 2 anos e ano que vem vou entrar na ponta pretendo ser professora quero disser pretendo ñ eu vou rs mas então AMEI seu blog vc tem msn me add gostaria de conversar com vc
    meu msn é o meu email

  10. adoro ballet faço des dos 4 anos hoje estou com 9 adoro me apresentar nos espetaculos,adoro dançar e fazer as aulas de clássica

    • milha filha tem tres aminhos queria muito colocar ela no ballet como eu faço isso . e ela gosta muito de dançar

  11. Sonia voce é incrivel , fasso ballet a 5 anos , tenho 11 anos , ja participei de varios espetaculos ! Ja tive e tenho professoras facinantes como voce , eu tambem ja participei de varias audições , e pelo pouco tempo que eu faço ballet , que pretendo dançar até o resto da minha vida ! voce é uma dançarina e tanto , e como pessoa voce tambem é maravilhosa !
    Adorei a sua matéria ! me mande coisas de ballet no meu email , dicas , porque voce ja muito experiente !
    OBRIGADO !
    Isabela .

  12. Cassia por incrivel que pareça,você tem razão sobre as professoras ter sempre a queridinha dela (Que se sente só por que a professora da mais atenção para ela),é sério eu odeio isso e elas ficam pensando que são melhores que nós que somos iniciantes.
    Graças a Deus eu procurei muito bem o Estúdio de Dança que eu ia fazer Ballet.E achei uma mais só que pelo valor e pelo lugar onde ele é já dava para perceber que tinha esse tipo de gente.E foi ai que eu achei outro Estúdio de Dança Fabiola Salatine e adorei tudo,o lugar,a professora (que naum é dessas de ser rigida),amei mais ainda o minha primeira aula de Ballet.Eu achei que ia achar dificuldade de me adaptar nesse curso por ele ser no Tatuapé,mais naum ele é perfeito.
    E ainda bem que naum tem isso de ´a queridinha da professora` todas nós somos iguais e acima de tudo nós somos BAILARINAS.

    AMO BALLET CLÁSSICO.

    • Jeniffer, eu estudei com a própria Fabíola. Aproveite o estúdio, dificilmente você encontrará outro lugar acessível com tamanha preocupação com a formação técnica. Acredite, isso faz uma imensa diferença. ;)

      Beijos.

  13. Oiii Cássia Pires td bem??Para se conseguir uma bolsa de estudos em uma escola de dança seria necessário o que??Sabe me dizer?Obrigadaa e bjs

    • Letícia, geralmente, as escolas de dança abrem audição para bolsa de estudo e, para conseguir, você precisa ser uma “bailarina promissora”. Ter talento e demonstrar que tem habilidade, porque vão investir em você. Além disso, são destinadas a crianças. Particularmente, eu ainda não encontrei bolsa para adultas.

      Grande beijo.

  14. Jessica, você não disse quais são as suas dificuldades, então não há como te ajudar. Mas se as suas professoras te ajudam tanto, fique tranquila. Confie e tudo dará certo.

    Beijos.

  15. Parabens pelo site,
    eu estou na meia ponta e quase passando pra ponta
    e eu gostaria q voce me desse algumas dicas de como passar no teste ,eu gostaria muito ,
    as minhas professoras sao lindas e me ajudam muito ,mais ,eu acho q estou ainda com um pouco de dificuldade ,mais eu amo as aulas de ballet

  16. Nao quero ser bailarina profissional,e nem falei que sou!eu amo a dança,pego passos na internet e com essa professora.me deixo levar pela musica!
    eu amo a dança

  17. Nathalya, no ballet clássico são oitos anos para uma bailarina se formar, além de estudo contínuo pela vida inteira. E essa professora foi negligente e irresponsável com você. Eu já disse e repetirei: não chore quando o seu corpo sentir as consequências de tamanha irresponsabilidade. Mas como você sabe tudo, tampouco atentará para isso.

    *

    Luciano, adorei o seu comentário! Eu lembrei de um trecho do documentário do Grupo Corpo, um dos bailarinos diz exatamente isso, que as meninas são incentivadas, mas os meninos precisam de uma imensa coragem e força de vontade para encarar o preconceito. Parabéns! E você tem 13 anos, com certeza é dedicado, tem tudo para ser um bailarino profissional! Torcerei muito por isso, tenha certeza.

    Grande beijo.

  18. Sempre fui um apixonado pelo balé!
    Por isso, resolvi recentemente, aos 13 anos frequentar uma academia, e já estou lá a há 8 meses!
    Estou adorando!
    Ao contrário das meninas, que são sempre incentivadas por todo mundo, nós meninos, temos que encarar o preconceito, que ainda impera e é muito grande!
    Mas o amor pela dança é maior e supera tudo!
    Quem me dera um dia, ser um bailarino profissional!
    um grande beijo!

  19. ela e profissional!ela disse para eu tomar cuidado,mas ela entende que eu tenho prazer em dançar,eu amo a dança , e nunca deixarei de dançar por falta de dinheiro!!
    a dança a gente nao aprende,a dança nasce com a gente e so a gente explorar

  20. Nathalya, em primeiro lugar, eu não sou professora. Em segundo, se essa professora fosse realmente responsável e profissional não teria dado corda para você aprender sozinha. Quer fazer tudo sozinha? Faça. Mas depois aguente as consequências quando o seu corpo começar a sentir os problemas em decorrência da falta de acompanhamento.

    Beijos.

  21. talvez vc ache que eu nao tenha capacidade !mas tenho sim.uma professora como vc profissional ja me falou que eu tenho um dom incrivel e que eu aprendi varias coisas sozinha que muitas pessoas so aprendem em escolas de dança!

  22. Nathalya, desculpa o que vou lhe dizer, mas isso que foi conseguido não faz de você uma bailarina. E, aliás, nem grandes bailarinas profissionais ficam na ponta sem sapatilha, viu?! Técnica e habilidades físicas são coisas diferentes. Se você não tem condições de pagar, tente uma bolsa de estudos, mas jamais tente aprender sozinha.

    Beijos.

  23. eu amo ballet!nao tenho condiçoes de pagar uma escola e ja estou quase conseguindo ficar nas pontas dos pes sem as sapatilhas.faço varias coisas como abertura dos dois lados,angulo 90 e angulo 16 aprendi tudo sozinha em casa

  24. Soninha, não dá para aprender ballet em casa, mesmo que você siga livros ou vídeos. É imprescindível o acompanhamento de um professor qualificado. Procure uma escola, tenho certeza que você encontrará uma bacana.

    Beijos.

  25. Bruna, o seu comentário é mais uma prova de que não adianta a professora ter grande conhecimento e técnica, mas não respeitar os seus alunos. Eu sempre acho que o respeito, o cuidado, a didática e a paciência, vem antes do conhecimento em um professor.

    Beijos.

  26. Bom…ao 5anos tinha sonho bastante para ser uma boa bailharina.como na minha cidade não tinha uma profassora,fui para a cidade vizinha.no entando começei a fazer balé.no tempo de 6 meses tinha aprendido muitas coisas.isso é a professora era muito rígida.crie muito abuso. ela parecia ter bastante prática mais nunca respeitava os alunos.

  27. Jose, a única escola que conheço no centro da cidade é a Escola Municipal de Bailado do Teatro Municipal de São Paulo. É gratuito, mas para ingressar é necessário fazer um teste, que acontece uma vez por ano. Se quiser mais informações, ligue no (11) 3241-1332 / 3241-5336.

    Já uma escola paga, a mais próxima do centro que conheço é a Ana Esmeralda, que fica numa travessa da Brigadeiro Luís Antônio. Lá eles têm curso para crianças. Se quiser, ligue no (11) 3884-4430.

    Beijos.

  28. Não sou o bailarino, mas bailo com minha filha (Anabel de 9 anos) que desde o meio do ano fala muito nesse assunto, ela teve uma pequena oportunidade na ACM de São Paulo (Centro) há uns 3 anos, mas naquele momento não era a hora dela, agora (a situação R$ mudou) ela quer, mas o papai (eu) não tem o essencial: tempo para ir e vir e mais o dançante R$; estou procurando nessas escolas constantes aqui no site, mas caso tenha uma dica pra gente agradeço de coração, tenho que achar algo perto do centro e quem sabe bem baratinho… obrigado

  29. Luiza, aqui no blog há várias histórias de bailarinas que começaram mais tarde. Eu, por exemplo, comecei com o dobro da sua idade. Sobre a bolsa de estudos para o ballet, é mais fácil conseguir quando somos crianças, porque é uma maneira da escola investir na formação profissional de uma bailarina. Mas difícil não é impossível. Como foi o teste da sua bolsa? E você quer ajuda para conseguir uma? Aqui no blog há uma lista de escola, entre em contato, quem sabe você consegue. ;)

    Grande beijo.

  30. oi….amei….

    olha eu tava “bem” desanimada desde os 11 ou12 anos quero fazer ballet mas eu era meio cheinha e -até hoje meus pais nunca incentivaram, agora tenho 14 e ccontinuo querendo e continuava desanimada , mas pesquisei na net e encontrei pessoas que começaram lá pelos 20 e tão evoluindo bem….então , amanhã,26/09, vou fazer concurso de bolsas, claro quero a bolsa integral , porque não sei se meus pais podem pagar a parcial.

    me ajudem , como faço pra conseguir ….
    meu e-mail: lulumorenocarvalho@hotmail.com

    thanks…

  31. Maria Luzia, se você já faz aula em sua cidade, peça a recomendação de um livro a sua professora de ballet, tudo bem? Ela saberá indicar o melhor para você.

    Beijos.

  32. OI,TENHO 9 ANOS E AMEI MAS GOSTARIA ,QUE VC ME INDICASSE UM LIVRO COM TODOS OS PASSOS DE BALÉ PORQUE SOU APAIXONADO E JA FAÇO AULA NA MINHA CIDADE..GRANDE BJO.

  33. Márcia, fiquei feliz em saber que você encontrou escolas e que adorou a Anhembi Morumbi. Já ouvi falar muito bem da faculdade de dança, conheço formandos de lá, tenho certeza que você irá amar. Parabéns e boa sorte!

    Grande beijo.

  34. Obrigada Cássia as escolas que vsê deixou aqui eu liguei para as mais próximas do tatuapé, já recebi e-mails e ligações deles. Na quarta farei uma visita em uma das. E fui vizitar a faculdade Anhembi Morumbi porque lá tem bacharelado e lecenciatura em dança é 4 anos, nossa a estrutura daquela escola é ótimaaaaaaa todas as salas de dança e o teatro tbm onde rola as apresentações. Já tava querendo fazer a faculdade e tomei a decisão vou fazer, vou fazer o ENEM quero passar tenho que conseguir porque quero estudar lá em 2010. E obrigada pelas indicações Cássia continuo aqui no blog com vsês.

  35. Márcia, bem bacana a sua história. Sobre as escolas, aqui no blogue existe uma lista, lá no topo, em “escolas de ballet”. Provavelmente você encontrá uma escola legal para não ficar parada durante esse tempo.

    Grande beijo.

  36. Começei ballet com 17 anos porque eu sempre gostei de ballet mais nunca tive oportunidade pelos meus pais quando criança porque antes não era como hoje em dia, eles encotravam escolas muito caras e não sabiam que tinha lugares de graça como por exemplo a escola que fica no Anhangabaú em São Paulo de baixo do viaduto do chá. Lá tem aulas de ballet gratuitamente e fora outros lugres, e que também eu sempre fui curiosa sempre corri atraz de cursos, mais começei a correr atraz com essa idade dos 16 para os 17. Mais sempre tive paixão por dança acho que tá no meu sangue meu pai e mãe dançavam samba rock e já ganharam muitos concursos mais aí veio a separação minha parou com o samba rock mais meu pai é professor de samba rock até hoje da aulas na usp num grupo que ele conseguiu com a reitoria de lá.
    E eu sempre tive paixão por ballet e eu fazia teatro nessa época aos 16 anos e depois quando terminei teatro no centro comunitário tinha um amigo meu o Fabio Dasher amigo ator mais conheçido como Piru rsrsrs ele é bailarino e tinha começado a dar aulas em uma escola publica e sabia que eu gostava e me falou. Ai eu começei a fazer aulas com ele com 17 anos fiz até os 18 infelismente porque isso era um projeto do governo, era assim o governo pagava a faculdade dele e ele ensina aos sábados e domingos ai ele tava dando aulas de ballet nessa escola publica e eu estava fazendo era uma aluna muito dedicada prestava muito atenção nos exercicios e estava me saindo bem. A gente sempre se sai bem quando fazemos algo que gostamos muito. Só que quando eu estava com 19 anos tinha acabado de fazer 19 anos em setembro o governo tirou esse projeto das escolas aiii que raivaaaa… Ai ficamos sem as aulas, ai eu tive que começar a procurar emprego ai tive que começar a me afastar do ballet porque queriam que eu achasse um emprego. Essa época como hoje estava muito dificil de achar um emprego, só consegui com meus 21 anos e estou lá até hoje, trabalho como atendente para Casas Bahia é SAC.
    Ai meu ex professor de ballet entrou no meu msn e começamos a conversar e eu disse que estava com saudades do ballet que queria voltar e ele disse que ia começar a dar aulas em uma academia perto da minha casa agora em setembo/2009, só que em novembro ele vai pra espanhã se especializar em teatro e dança só que eu vou voltar a fazer ballet com ele nesse intervalo de setembro e outubro, mais em novembro como ele vai viajar eu gostaria de saber se tem alguém aqui que saiba alguma escola ou academia que possa me ensinar meu professor só volta em janeiro pro Brasil depois que ele for para a espanhã. Mais em janeiro volto com ele mais gostaria de saber só pra eu não ficar parada alguém conheçe uma escola a me indicar?
    Caso queirem me responder por e-mail pode ser tbm é marciasilva19@yahoo.com.br mais se quizerem responder aqui pode ser tbm. Obrigada pela atenção de quem está lendo esse enorme texto rsrsr kk .. Todo mundo fala você escreve muit Márcia rsrsrs escolhi publicidade e propaganda como faculdade é jornalismo também por isso escrevo tanto rsrs mais assim que eu terminar de publicidade vou fazer bacharelado em dança mais 4 aninhos de dança. Ballet é tudo gente. Bjkas Márciinha.

  37. Priscilla, eu sou apenas mais uma aluna de ballet. Quem está buscando uma professora de ballet é a Sabrina, inclusive postei a vaga aqui no blogue. Se ainda tiver interesse, entre em contato com ela pelo e-mail seibe@bol.com.br ou pelos telefones (11) 8303-4954 ou (11) 3535-2817.

    Boa sorte e grande beijo.

  38. olá acabei de ver seu blog você ainda esta procurando uma professora de ballet sou formada pela academia ballet stagium tenho conhecimento em ballet classico comtemporaneo jazz capoeira sapateado danças circulares persepção corporal dança de rua teatro todas essas modalidades eu aprendi la ne um projeto social no qual fui selecionada atraves de um teste fiz 9 anos no total estou aprocura de escola para dar aulas para crianças de ballet ja dei aula em 4 escolinhas moro na zona leste no artur alvim me mande um email se você ainda te ver em teresse em uma professora. há para não esquecer ja faz um ano que estou parada mas quero voltar porque dançar e ensnar é minha vida obrigada e parabens pelo blog .

  39. Bruna, você tem toda razão, ser bailarina é muito mais do que ficar na ponta dos pés. E parabéns por brilhar nos palcos. ;)

    *

    Maria Eduarda, usar sapatilha de ponta é coisa muito séria e só deve ser feita com o acompanhamento de uma professora com conhecimentos para isso. Não tente fazer sozinha ou poderá ter uma série lesão. Se você faz aulas de ballet, converse com a sua professora, se não faz aulas, busque uma boa escola, tudo bem?

    *

    Caro, flexibilidade é algo que ganhamos com o tempo, com alongamento constante, nem se preocupe com isso. Boa sorte na apresentação de setembro!

    Beijos.

  40. oi cássia comecei a fazer ballet a 2 semanas sempre gostei, mas onde moro nao tinha nenhum lugar onde poderia aprender, agora faço aulas na minha igreja, e amo o ballet vou me apresentar em setembro. adorei o seu site,meu único problema é que eu não sou muito flexível mas estou indo bem. bjs

  41. eu Sei dançar ballet mas eu não sei ficar na ponta dos pes é isso que eu queria aprende …

    bjs

  42. amei esse site começei fazer ballet com 10 anos. Para mim fazer ballet era só ficar de ponta de pé,mais sempre tive muita vontade de ter essa oportunidade.ao parssar do tempo um professora de limoeiro do norte-ce ressouveu montar um academia de dança.Entre as demais danças tinha o ballet.Quando ouvir falar que a academia da conceisao vinha para meu municipio, perdi até aula para fazer as escrissao.Deis dai eu aprendi que fazer ballet nao basta apenas faber ficar de conta de pé mais sim;ter diciplina,postura.agora sou um otima professora posso carantir,e vivo brilhando nos palcos……

  43. Mary, se você tem essa facilidade, então faça aulas de dança. Eles podem ser o seu hobby, você pode fazer ao mesmo tempo em que estuda e trabalha outras coisas. O ballet não precisa ficar de lado na sua vida. Quem sabe assim os seus pais entendam e achem bacana.

    *

    Patrícia, primeiro você precisa estudar para isso. Ou ter concluído o curso regular de ballet, de 8 anos, ou ter uma sólida formação em uma faculdade de dança ou num outro curso que tenha te dado base para dar aulas. Segundo, é procurar escolas, academias e demais locais que ministrem aulas de dança. Levar o currículo, tentar contatos, há muitos lugares onde dão aulas de ballet. Aqui mesmo no tópico há quem esteja procurando, você viu? A Sabrina está procurando uma professora de ballet. Quem sabe dá certo? ;)

    Grande beijo.

  44. Olá Cássia!!
    Gostaria de algumas informações suas, queria saber como faço para ser professora de ballet, profissional.
    Obrigado pela sua atenção.
    gostei de seu blog, um abraço,
    Patricia.

  45. ahhhhhhhhhhh meu sonho sempre foi ser bailarina mais meus pais nunca aceitaram
    eu sepre ohlo alguma coisa a respeito ,para poder adimira eu tinha um grupo de coreografia na minha igreja e eu tenho uma capacidade incrivel de aprender passos eu tinha uma amiga que era bailarina eu só olhava ela fazendo e eu dava conta de fazer quase igual .

  46. Sabrina, depois te responderei com calma, só então colocarei as informações em um post para as bailarinas verem, tudo bem? ;)

    *

    Juliana, eu penso assim: se a gente só quisesse ter “consciência do corpo”, a gente faria yoga ou pilates. Se fomos para o ballet é porque, principalmente, queremos dançar! Não é exagero seu não, você está certa, falta sensibilidade e consciência da sua professora em relação às expectativas das suas alunas. A gente faz ballet para ser bailarina mesmo! E é raro encontrar professoras que tenham essa noção…

    Muito obrigada pelos elogios ao blogue e volte sempre. :)

    Beijos.

  47. Olá!!!
    Descobri o blog recentemente e amei!!!
    Tenho 23 anos e comecei agora! No começo me senti péssima, desengonçada, dura. Aos poucos estou melhorando… mas tem essa “questãozinha” da professora.
    Bem, a minha, de uma maneira geral é boa, no entanto, sinto que não há muita sensibilidade.
    Eu tenho a maior frustração por não ter sido bailarina e claro que eu sei que não dá mais para voltar atrás. Contudo, creio que o fato dela achar que estamos ali só para ter uma “consciência do corpo” me deixa tímida em falar sobre as minhas expectativas! Quero aprender passos na sequência, usar a bendita sapatilha de ponta, evoluir no alongamento! Enfim, quero ser uma bailarina de verdade, ainda que por hobbie!

    Não sei se exagero, ou se falta essa sensibilidade à ela…

    Beijos e parabéns pelo Blog! Está óóóóótimo!!!
    Juliana

  48. Olá meu nome é Sabrina e estou a procura de uma professora de Ballé para abrir minha acadêmia na Zona leste de São Paulo, meu e-mail seibe@bol.com.br e meu telefone é 11-83034954.
    De preferencia inicio de carreira.
    Grata
    Sabrina

  49. Aaaaaaaah, a minha bailarina preferida e a minha mãe de bailarina preferida (depois da minha mãe, para não rolar ciúme). Orgulho tenho eu de conhecer vocês duas. Aliás, qualquer hora farei um post “mãe de bailarina”, graças à você, Karina, pode deixar.

    Beijo doce, um beijo em cada uma.

  50. Oi

    cássia adorei seu blog eu e mamãe estamos cheias de orgulho continuaremos a nossa vida de bailarina claro com muito sucesso

    Parabéns

    bjks sarah e karina

  51. Cosette, procure mesmo uma ótima professora, ela será extremamente importante na sua formação. Há excelentes professoras por aí, mesmo que sejam um pouquinho difíceis de achar. ;)

    Doce beijo.

  52. Oi Cássia!

    Eu achei lindo o texto que você escreveu! *-*
    Como já postei anteriormente, nunca experimentei ballet na minha vida, mas estou a pensar entrar numa associação que eu penso que tenha Ballet!
    Então, só ver mesmo se posso entrar, nem que tenha de dançar no meio de meninas pequenas.
    Não me importo. ^^

    No entanto, uma coisa que vai estar sempre presente no meu critério de avaliação da associação, será a professora que me irá ensinar a dançar!
    Isso sim, eu vou estar sempre atenta!
    Ao lado do Ballet, estava também a Patinagem, uma actividade linda, que eu gostava muito de também experimentar!
    Só que, segundo uma amiga minha, a professora de patinagem dessa associação é exactamente o que você descreveu em cima!
    Fria, muito exigente e não dá atenção às limitações das alunas.
    E lá está, tem as suas favoritas! >.<

    Vou seguir o seu conselho, e procurar ver se a professora dessa associação é uma professora de ballet de verdade!

    Bjinho. =**

  53. M.S., há mesmo professoras e professoras. É um absurdo o que algumas professoras de ballet fazem, especialmente com crianças. Eu já tive uma professora de expressão corporal, quando fazia teatro, que tinha pavor de ballet, de tanto que sofreu. Fico feliz que você tenha encontrado uma excelente professora agora, que te faz mais feliz no flamenco. E parabéns pelo retorno, eu acho liiiiiiiiiiiiindo! Faz parte das danças que ainda não tive o prazer sequer de experimentar.

    Grande beijo.

  54. Olha,
    parabéns pelo blog.

    Estou voltando ao balé espanhol depois de anos parada e esse post me tocou bastante, afinal o motivo de minha saída foi justamente a(s) professora(s).

    Estou com 22, e quando mais nova também estudei muitos anos o ballet clássico. Imagine, com 8 anos de idade ouvia da professora que eu era sem jeito, que era gorda, que nunca iria fazer nada certo em minha vida de bailarina. E daí pra pior. Como eu era criança acreditava naquelas asneiras e as aulas de ballet começaram a se tornar uma verdadeira tortura. Sinceramente, isso é muito grave.

    Infelizmente, no balé espanhol não foi tão diferente. E olha que a academia é tradicionalíssima na cidade.

    Hoje estou imensamente feliz por ter encontrado uma mestra que me estimula e me proporciona prazer em dançar. Sinto-me bela, magnífica. Uma estudante dedicada e apaixonada pelas aulas.

    Por isso, não desistam nunca de se aperfeiçoarem na arte da ‘dança’, mas com a orientação e local corretos.

    Um grande beijo.

  55. Concordo totalmente com você! Se o professor só dá o básico, não vamos evoluir nunca, mas também essa paranóia da perfeição não dá certo. Quanto mais o tempo passa, mais certeza eu tenho, que não é todo professor de ballet que está habilitado a dar aula para adultos. Não mesmo!

    Doce beijo.

  56. Já passei por um bocado de professores.
    Grande parte deles tinha esse lance de facilitar demais. Estou longe de ser uma prodígio, mas fico chateada qndo em vez de nos fazer crescer, mesmo que fique meio puxado no início, acabam desistindo e colocando outro passo mais fácil pra gente conseguir fazer com menos treino.
    O legal é o desafio e a alegria da auto-superação sem paranóias!

  57. Lancelloti, muito obrigada! E boa sorte no seu começo e que seja isso, apenas o começo e que você gaste muuuuuitas sapatilhas ao longo da vida. ;) Também adicionei você no meu blogue, mas o outro, o Carambolas Azuis (carambolasazuis.wordpress.com).

    Grande beijo.

Os comentários refletem a opinião dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da autora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 455 outros seguidores